Contabilidade e gestão

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1780 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de abril de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
(www.mte.gov.br/fisca_trab/inclusao/lei_cotas)

Existe uma certificação internacional da responsabilidade, a Social AccountAbility 8000(SA8000) que foi feita baseando-se nas normas da Organização Internacional do Trabalho (OIT), na Declaração Universal dos Direitos Humanos e na Declaração Universal dos Direitos da Criança da ONU. Essa norma vem atender a uma necessidade de consumidoresmais esclarecidos que se preocupam com a forma como os produtos são produzidos, e não apenas com a sua qualidade.
O certificado da SA8000 somente é concedido àquela organizações que cumprem totalmente da norma, isto é, em toda a sua cadeia produtiva, inclusive em relação a seus fornecedores. São quesitos: não utilizar trabalho infantil; promover a segurança e a saúde no trabalho; respeitar aliberdade de associação e direitos coletivos; não promover a discriminação (sexual, racial, política, de nacionalidade, deficiência, etc.).
A SA8000 é internacional. Mas no Brasil existe a Norma 16001, criada pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). Essa norma estabelece requisitos mínimos relativos a um sistema de gestão da responsabilidade. A certificação visa atender àcrescente preocupação da sociedade com temas associados à ética, à cidadania, aos direitos humanos, ao desenvolvimento econômico, ao desenvolvimento sustentável e à inclusão social. Para receber certificação pela Norma 16001, a organização deve estabelecer, implementar, manter e documentar programas para atingir seus objetivos e metas da responsabilidade social. Esses programas devem incluir, no que serefere ao trabalho: boas práticas de governança, incluindo o combate ao trabalho infantil; direitos do trabalhador ;compromisso com o desenvolvimento profissional e todos os requisitos ja cobrados pela SA8000.
Atualmente, para desenvolver projetos sociais, seja em benefício da sociedade ou dos próprios funcionários, as empresas são induzidas pela lei ou recebem algum tipo de benefício ou incentivofiscal. Convém destacar que algumas ações responsáveis exigem alto investimento financeiro, que não são viáveis para as organizações se não houver algum retorno benéfico para as mesmas. Outras ações porém, exigem pouco investimento financeiro, mas muita proatividade e consciência das empresas. São exemplos disso a não utilização de trabalho infantil, o respeito aos trabalhadores, erradicação dadiscriminação e a oportunidade de trabalho às pessoas socialmente excluídas do mercado, como as que possuem deficiência.
Para a empresa socialmente responsável, a contratação de pessoas deficientes é mais que uma exigência legal. Passa a ser um compromisso e um dos itens de sua política de responsabilidade social. Para tanto desenvolve um programa amplo, estruturado, de capacitação,recrutamento, seleção, contratação e desenvolvimento das pessoas portadoras de deficiência. Muitas empresas já entenderam que a inclusão das pessoas com deficiência é um grande aprendizado para o desenvolvimento de políticas de promoção e respeito à diversidade no ambiente de trabalho. Além disso, elas estão descobrindo, nesse processo, que há um grande segmento de mercado composto de pessoas comdeficiência. E que para atingi-lo adequadamente precisa ter uma linguagem e uma estrutura a ele acessível. (abaixo, as informaçoes foram retiradas do site www.cemig.com.br, das cartilhas: DECLARACAO_PR_ET, Relatorio_sustentabilidade_2009 e CARTILHA CEMIG)
Nesse contexto, cabe ênfase à atuação da Companhia Energética de Minas Gerais (CEMIG). A empresa considera no seu planejamento e na realizaçãode suas atividades a necessidade de proteger o meio ambiente, de colaborar para o desenvolvimento social das populações nos locais em que está presente e de atuar no sentido de manter relações de respeito e de cooperação com seus funcionários,consumidores; com a comunidade, fornecedores, Governo e outros públicos envolvidos em suas atividades.
(...)
. Práticas de responsabilidade...
tracking img