Contabilidade passivo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1945 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Faculdade SENAI/CETIQT

CONTABILIDADE

PASSIVO

Rio de janeiro

2011

Alunos

Leonardo Delfim

Cristiano Vermelho

CONTABILIDADE

PASSIVO

Em contabilidade, o passivo corresponde ao saldo das obrigações devidas, enquanto no ativo se representam os bens e direitos que pertencem a uma determinade entidade. O passivo é a coluna da direita em umbalanço patrimonial.
O passivo é um recurso controlado por uma entidade e um acontecimento passado e do qual se esperam que fluam benefícios econômicos no futuro, cuja liquidação se espera um ex-fluxo de recursos.
O lado do Passivo, tanto Capital de Terceiros (Passivo Exigível) como Capital Próprio (Patrimônio Líquido), representa toda a fonte de recurso, toda a origem de capital.Nenhum recurso entra na empresa se não for via Passivo ou Patrimônio Líquido.
Assim se uma empresa adquire um veículo para pagamento a prazo, a posse do mesmo representa um ativo. Mas por outro lado, a empresa passa a ter uma obrigação para com a pessoa ou empresa que vendeu o veículo.Assim, ela passa a ter uma obrigação, que representa um passivo exigível.
O passivo monetáriorepresenta bens numerários que ainda vão ser repassados aos seus verdadeiros proprietários em um momento futuro, e que está na entidade apoiando ou ajudando a gerar novos recursos financeiros para o devedor. O passivo não-monetário representa obrigações de lançamentos futuros no resultado do período daqueles ganhos já efetivados, porém não pertencentes ao atual exercício.
Na contabilidadebrasileira, por força da legislação o passivo se divide em:
• Passivo propriamente dito (passivo exigível) e patrimônio líquido (passivo não exigível). O Passivo exigível se sub-divide em passivo exigível a curto prazo, passivo exigível a longo prazo e resultado de exercícios futuros (Direito Privado).
• Passivo financeiro e passivo permanente, conforme lei 4.320/64 (direito público, queregulamenta a contabilidade pública).
Para fins de análise contábil, as contas contábeis que compõe o passivo exigível curto e longo prazo (direito privado), podem ser inicialmente segregadas em obrigações em moeda nacional, e obrigações em moeda estrangeira. A partir desse início, pode se proceder as sub-divisões, a serem compostas das principais obrigações. Como exemplo: salários,remunerações e encargos a pagar, empréstimos e financiamentos a pagar, fornecedores e prestadores de serviços a pagar, tributos a pagar e a recolher, adiantamentos a clientes, provisões etc.

PASSIVO CIRCULANTE ( curto prazo)

São obrigações à curto prazo, ou seja que deverão ser liquidadas dentro do exercício social, ou conforme o ciclo operacional da empresa se esse for superior a um ano.Compõe-se basicamente das contas:

• Fornecedores

• Salários a pagar

• Encargos sociais a recolher

• Imposto de renda e provisões

• Empréstimos bancários

• Outras obrigações

Fornecedores

São compras a prazo de matérias-primas a serem utilizadas no processo produtivo, ou mercadorias destinadas à revenda.

Salários à pagarEngloba a folha de pagamento que a empresa deverá pagar até o 5° dia útil do mês seguinte.

Encargos sociais a recolher

São despesas decorrentes da folha de pagamento, (INSS, FGTS, etc), que deverão ser registradas como obrigação a pagar.

Imposto à recolher

São impostos gerados por ocasião de venda ou prestação de serviços que ainda não foram recolhidos,dentre as vendas os mais comuns são ICMS (imposto sobre circulação de mercadorias) e IPI (imposto sobre produtos industrializados).

Sobre os serviços o ISS (imposto sobre serviços) : O ISS difere do ICMS e IPI por ser cumulativo.

Imposto de renda à pagar

É a parte do lucro apurado no exercício, que será recolhida ao governo.

Provisões

Provisão de...
tracking img