Contabilidade industrial

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 30 (7320 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de junho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
As mudanças no ambiente de negócios têm afetado profundamente as respostas que os gestores necessitam da contabilidade de custos. Alguns exemplos dessas mudanças são uma ênfase cada vez maior em oferecer valor aos seus clientes, gestão de qualidade total, tempo como elemento competitivo, avanços na tecnologia de manufatura e de informação, globalização dos mercados, crescimento do setor deserviços e uma conscientização cada vez maior sobre práticas ética e ambiental de negócios. Por sua vez, essas mudanças deram início ao desenvolvimento de práticas inovadoras e relevantes para a gestão de custos, visando atender a necessidade dos gestores.

DESENVOLVIMENTO
Tudo que se é produzido por uma industria é denominado produção industrial, antes tínhamos a produção artesanal tudo eraproduzido manualmente depois teve a revolução industrial e começaram as primeiras produções. Hoje tudo que consumimos vem de uma produção industria, pois a produção domiciliária, a oficina artesanal e a manufactura achavam-se na maioria dos casos intimamente ligadas em diversos estágios na mesma industria. A transição para a produção fabril mostrou-se relativamente simples, logo que as alterações técnicasfavoreceram a mudança. A indústria alcança então uma posição dominante com a transformação gradual da atividade artesanal, a desintegração do sistema da corporação e da manufatura, que constituía já um obstáculo ao desenvolvimento da produção industrial, assim criando imformacoes conceituais e teoricas que embasem ao calculo dos custos de uma empresa, determinando producao industrial.

1 -DEFINICOES CONCEITUAIS
1.1 - SISTEMA DE ACUMULACAO DE CUSTOS
Com o súbito aumento da competitividade no mundo que vem acontecendo atualmente a uma grande necessidade das empresas se moldarem e acompanhar o crescimento mundial independente do seu tamanho mostrando um cenário diferente do conhecido. Essas mudanças atingem as empresas fazendo com que elas adaptem novas políticas de administração.Sendo assim, as empresas antes de escolherem o seu sistema de acumulação de custos, esta deve orientar-se pelo sistema produtivo da sua empresa.
A contabilidade mesmo denominada como de grande importância para os registros e controles já não se mostra de muita utilidade quando falamos das questões gerenciais. Diante desses fatos é muito importante verificar a utilização dos sistemas de custos pelasempresas, pois a falta do seu uso pode tornar as empresas muito suscetíveis à concorrência globalizada.
Sendo assim, o sistema de custos tem grande importância para as empresas em função das decisões que essas empresas precisam se adequar diante das freqüentes modificações do mercado, para que tenham informações precisas de custos.
1.2 - Custeio Variável
De acordo com Sá (2009), somente osgastos variáveis são apurados no custo das vendas. Esses custos variam de acordo com o faturamento da empresa como, por exemplo, comissão sobre as vendas e os impostos (ICMS, PIS, COFINS). Uma das características do custeio variável é o maior controle sobre os gastos fixos, pois se mantém isolados dos custos das vendas. Para Moura (2005), no custeio variável são excluídos todos os custos fixosrelacionados com o produto, e somente são contabilizados os custos variáveis a alguma relação (volume, quantidade, faturamento). Basicamente somente os custos variáveis são levados em conta sejam eles diretos ou indiretos.
Os custos variáveis são aqueles que variam proporcionalmente ao volume produzido e aumentam na medida em que aumenta a produção, portanto se não houver produção seu valor será zero.Como por exemplo, é o caso da matéria-prima, que irá variar conforme a quantidade de produtos que forem produzidos. Segundo Leone (1997, p.53). "Preferimos, portanto, definir "custos variáveis” como aquele que varia com o volume de qualquer atividade que tenha sido escolhida como referência.”
Exemplos:
• Materiais diretos.
• Mão-de-obra direta
• Energia Elétrica
1.3 - CUSTEIO POR ABSORCAO...
tracking img