Contabilidade empresarial

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2621 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO............................................................................................... 04
1.1 – Provisão para Créditos de Liquidação Duvidosa 04
1.2 – Duplicatas Descontadas 08
1.3 – Operações Financeiras 08

CONCLUSÃO 14
REFERÊNCIAS 14

























INTRODUÇÃO

Essa disciplina abordará assuntos que envolvem apuraçãoe contabilização dos impostos: IPI, ICMS, PIS e COFINS, com o objetivo principal de desenvolver conhecimentos técnicos necessários para o desempenho de atribuições voltadas ao recolhimento dos encargos tributários.




























Provisão para Créditos de Liquidação Duvidosa

Quando uma empresa presta serviços ou vende mercadorias, há uma probabilidadede parte dos recursos oriundos dessas transações não serem recebidos.

A provisão para devedores duvidosos é constituída para reconhecer no resultado, as prováveis perdas no recebimento de créditos registrados no ativo. Quando uma empresa não faz esse reconhecimento, os valores constantes no balanço podem não representar a verdadeira situação liquida do patrimônio.

A conta de Provisão paraDevedores Duvidosos (PDD) ou Provisão para Créditos de Liquidação Duvidosa (PCLD) é uma conta retificadora da conta que registra os valores a receber no Ativo.

A Lei 6404/76 assim disciplina a classificação das contas.

Art. 179. As contas serão classificadas do seguinte modo:
I - no ativo circulante: as disponibilidades, os direitos realizáveis no curso do exercício social subsequente e asaplicações de recursos em despesas do exercício seguinte;
II - no ativo realizável a longo prazo: os direitos realizáveis após o término do exercício seguinte, assim como os derivados de vendas, adiantamentos ou empréstimos a sociedades coligadas ou controladas (artigo 243), diretores, acionistas ou participantes no lucro da companhia, que não constituírem negócios usuais na exploração do objeto dacompanhia;

Quanto aos critérios de avaliação dos ativos, a Lei 6404/76 assim trata:
Art. 183. No balanço, os elementos do ativo serão avaliados segundo os seguintes critérios:
IV - os demais investimentos, pelo custo de aquisição, deduzido de provisão para atender às perdas prováveis na realização do seu valor, ou para redução do custo de aquisição ao valor de mercado, quando este forinferior;
Cálculo da Provisão

Segundo MARTINS (1998, p. 165), o cálculo da provisão para devedores duvidosos é feito por estimativa, pois os prejuízos futuros não podem ser calculados com grande precisão e as maneiras mais usadas desta
estimativa são:

a) Pela análise individual dos devedores - verificando-se em cada caso a possibilidade de recebimento futuro.

Essa análise deve levar emconsideração, principalmente, os débitos já vencidos e os pertencentes a pessoas ou empresas que estejam em dificuldades financeiras. Evidenciados os débitos duvidosos, são eles somados,
do que resulta o valor a ser adotado para a constituição da provisão.

b) Pela determinação da provisão mediante a aplicação de uma percentagem sobre vendas. A percentagem deve ser escolhida com base na experiênciaanterior da empresa. Suponhamos que certa empresa tenha realizado, durante o ano de x8, um total de R$ 100.000,00 de vendas e que, examinando seus registros anteriores, contatou-se o seguinte:

Ano Vendas Prejuízo com Devedores Insolváveis ocorridos no exercício anterior % dos Prejuízos sobre as vendas
x7 80.000,00 640,00 0,80%
x6 50.000,00 310,00 0,62%
x5 40.000,00 240,00 0,60%
170.000,001.190,00 100,00%

Fonte: Iudicibus, S., et. al. Contabilidade Introdutória.

A constituição da provisão tem como contrapartida as contas de despesas operacionais (Despesas com Vendas).

Considerando o exemplo de cálculo acima, em x7 as vendas anuais foram de R$ 80.000 e o percentual médio apurado de possíveis perdas foi de 0,80%. Assim, R$ 80.000,00 x 0,80% = R$ 640,00, que será registrado...
tracking img