Contabilidade do futuro

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2635 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Tendências e Futuro da Contabilidade

Antônio Lopes de Sá*

A forma restrita de ver o empreendimento empresarial apenas como unidade de produção já não satisfaz o mundo moderno . A empresa requer hoje uma visão maior, uma ótica social e humana . O conceito ampliou-se e com isto também se ampliou o dos fenômenos a ela pertinentes . Precisa ser vista como uma célula social e não pode maisconservar apenas o seu destaque de teor jurídico e econômico . O patrimônio, como substância contida na célula social, igualmente, acabou por precisar, também, de novos enfoques doutrinários e de uma nova metodologia de análise . Tais tendências são as "neopatrimonialistas" e que acenam para novos campos de estudos na Contabilidade, fazendo prever um futuro ainda mais radiante para nosso ramo deconhecimento .

EVOLUÇÃO CONCEPTUAL DA EMPRESA COMO CELULA SOCIAL
A evolução do conceito é a evolução da idéia, fruto natural do progresso da mente humana . As formas de observar, raciocinar, entender, perceber, alteram-se de acordo com as diversas circunstâncias, mas, também, de acordo com a valorização da inteligência humana É natural que na escala do progresso do espirito o ponto mais importanteinicial fosse o nosso próprio e isto não se passou diferentemente com a visão empresarial . O conceito fortemente jurídico, do "meu", do "seu", justificou, por milênios, o carater absolutamente sigiloso das empresas e até o aparecimento das expressões "débito" e "crédito", como forma primitiva de registro contábil , preocupada com a defesa do direito individual . Na Idade Média, as empresaspossuíam seus registros e informações secretas e protegia-se o sigilo absoluto em matéria de conhecimento sobre os fatos ocorridos com a riqueza e com o pessoal . Quase que exclusivamente dentro desta forma de pensar desenvolveu-se o conhecimento doutrinário da Contabilidade . A análise dos documentos e livros contábeis das Companhias italianas, espanholas, francesas etc. realizadas pelos historiógrafosda Contabilidade oferecem essa face conceptual, ou seja, a de um acendrado subjetivismo das informações e registros . Os tempos, todavia, incumbiram-se de mudar a visão e, então, foi o caráter econômico da empresa que passou a ser o predominante, especialmente a partir dos fins do século XIX . Foi uma fase de euforia do relevo do estudo do capital, como produtor do lucro e das filosofias epolíticas sobre o mesmo . A Contabilidade viveu densamente esse periodo e até viu-se envolvida pela dita "economia de empresa" e por uma corrente doutrinária, a da "economia aziendal" .

Hoje, porém, a ótica modifica-se e observa-se que os fenômenos do capital, do patrimônio, possuem interesse de estudo nas áreas sociais e humanas e até nas relativas ao meio ambiente. Essa modificação de forma deentender, de necessidades de informação, também exigiu mudanças doutrinárias, em face dos modernos estudos da Contabilidade . Inspirado no social, no humano, na grande visão que precisa ter a análise das relações que são responsáveis pelo fenômeno contabilístico, edifiquei a minha Teoria das Funções Sistemáticas . Entendi não ser mais possível encarcerar o pensamento em análises apenas econômicas,financeiras, patrimoniais de estrutura apenas (ver sobre a matéria os meus livros, Teoria Geral do Conhecimento Contábil, edição IPAT-UNA, Belo Horizonte e o de Teoria da Contabilidade, edição Atlas, São Paulo) . Para mim, também, o termo "azienda", "entidade", seja o que desejassem atribuir a essas unidades, foi concebido e aceito sob um novo conceito, ou seja, o de "célula social" . Idéias novas ,novos enfoques, exigem novos conceitos . Entendi, em minha teoria, que a empresa poderia ser examinada como se fosse algo digno de objeto de estudos, mas, sem isolar a mesma dos ambientes que eram os seus continentes (aqueles internos e também os externos como a ecologia, a sociedade, o mercado, a tecnologia, a ciência, a politica, etc.) . Sabíamos que não é só a informação dos fatos do...
tracking img