Contabeis

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1213 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ESCOLA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL NEWTON PAIVA
CURSO TÉCNICO EM CONTABILIDADE
TURNO MANHÃ
TURMA 217

MEIRIELEN ALÍPIA DA SILVA
PATRÍCIA DOS SANTOS RIBEIRO
RAYANE TEIXEIRA PENA
ROBERTA OLIVEIRA CAETANO

DOAR-DEMOSTRAÇÃO DAS ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS

BELO HORIZONTE
2011
MEIRIELEN ALÍPIA DA SILVA
PATRÍCIA DOS SANTOS RIBEIRO
RAYANE TEIXEIRA PENA
ROBERTA OLIVEIRA CAETANODOAR-DEMOSTRAÇÃO DAS ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS


Trabalhos apresentados à disciplina de Contabilidade Gerencial do terceiro módulo do Curso Técnico em Contabilidade, Turma 217, da Escola de Educação Profissional Newton Paiva.

Professor Orientador: Paulo stigert

BELO HORIZONTE
2011
SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO4
2 DEMONSTRAÇÃO DAS ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS5
2.1 Objetivos daDemonstração5
2.2 Obrigatoriedades5
2.3 Estrutura da DOAR6
3 CCL8
4 CONCLUSÃO9
REFERENCIAS10


1 INTRODUÇÃO

Séra apresentado neste trabalho o conceito, os objetivos, as obrigatoriedades e algumas curiosidades sobre a DOAR-Demonstração das Origens e Aplicações de Recursos.

Também será apresentada qual a importância e qual a influencia do CCL(Capital Circulante Liquido) naelaboração de uma Demonstração recursos, seja origem ou aplicação.

2 DEMONSTRAÇÃO DAS ORIGENS E APLICAÇÕES DE RECURSOS

É simplistamente a comparação entre dois balanços consecutivos, os quais identificam as variações ocorridas na estrutura financeira da empresa durante o período considerado, permitindo melhores critérios para análise financeira, ou seja, é um relatório contábil destinado aevidenciar, num determinado período, as modificações que deram origem às variações no Capital Circulante Líquido da entidade, ela ajuda a compreender como e porque a posição financeira mudou de um exercício para outro.

Os financiamentos estão representados pelas origens de recursos, e os investimentos pelas aplicações de recursos, sendo que o significado de recursos aqui não é simplesmente o dedinheiro, ou de disponibilidades, pois abrange um conceito mais amplo; representa capital de giro líquido que, na denominação dada pela lei, é Capital Circulante Líquido.

Não devemos confundir a DOAR com a Demonstração do Fluxo de Caixa – D.F.C. A primeira demonstra somente as movimentações que afetam o capital de giro da empresa e, a segunda, toda a movimentação de entrada e saída de dinheiro doCaixa.

2.1 Objetivos da Demonstração.
 
O objetivo da Demonstração das Origens e Aplicações de Recursos – D.O.A.R., é apresentar de forma mais abrangente todas as transações que afetam o capital de giro. Informações relativas a operações de financiamento e investimentos, de curto prazo, da empresa durante o exercício e evidenciar as alterações na posição financeira.
 
2.2 ObrigatoriedadesDe acordo com a lei 11.638/07, a DOAR – Demonstração das Origens e Aplicação de Recursos não é mais obrigatória, sendo substituída pela Demonstração de Fluxo de Caixa, em outras palavras a DOAR Foi obrigatória ate 31/12/2007 para as empresas S.A de Capital aberto e para as de Capital Fechado com PL superior a R$1.000.000,00 (um milhão de reais).

2.3 Estrutura da DOAR
A DOAR é dividida em doistempos: um de demonstração e outro de validação. Esses tempos são colocados em 4 partes. Vejamos:
1ª PARTE – ORIGENS |
OPERAÇÕES |   |   | Fonte |   |
| Resultado do Exercício | + | DRE |   |
| Despesas de Depreciação, Amortização e Exaustão. | + | DRE |   |
| REP | +/- | DRE |   |
| Vendas Não Circulantes | + | DRE |   |
| Ajustes de Exercícios Anteriores | +/- | DOAR |   |PROPRIETÁRIOS |   |   |   |   |
| Aumento de Capital | + | CONTABILIDADE |   |
| Reservas de Capital | + | CONTABILIDADE |   |
TERCEIROS |   |   |   |   |
| Redução do ARLP | + | BP |   |
| Alienação de Ativo não Circulante | + | BP |   |
| Aumento do PELP | + | BP |   |
TOTAL DAS ORIGENS |   |
2ª PARTE – APLICAÇÕES |
  | Dividendos pagos, creditados ou propostos. |   | DRE...
tracking img