Conta

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1029 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Índice
.INTRODUÇÃO 3

2.Objectivos 4

2.1 Objectivo Geral 4

2.2 Específicos 4

3. Justificativa Emocional 4

1.CONTA 5

1.1.Conceito 5

1.2 ASPECTO ESTÁTICO E DINÂMICO 6

1.3.REPRESENTAÇÃO DA CONTA 6

1.4 REGRAS DE VARIAÇÃO DAS CONTAS 10

1.4.1.Variação permutativo (ou compensativo) 10

1.4.2.Variação modificativa 10

1.4.3.Variação mista (ou composta) 101.5.REGRAS DE MOVIMENTAÇÃO DAS CONTAS DO ACTIVO, PASSIVO E SITUAÇÃO LIQUIDA 10

1.5.1 Regras de movimentação das contas do activo 10

1.5.2 Regras de movimentação das contas do passivo 11

1.5.3 Regras de movimentação das contas de custos 12

1.5.4 Regras de movimentação das contas de proveitos 12

1.6.SISTEMAS DE CONTAS 13

1.6.1Método das Partidas Simples 13

1.6.2 Partidas dobradas 131.7 PLANO GERAL DE CONTABILIDADE 14

1.7.1 Generalidade 14

1.7.2 Estrutura do Plano de Contas objectiva, principalmente: 14

CONCLUSÃO 15

Bibliografia 16

.INTRODUÇÃO

O presente trabalho visa abordar os aspectos relacionados com a CONTA que é a essência da contabilidade. A conta sendo o embrião da contabilidade, importa referir que foi-nos necessário abordar alguns aspectosrelacionados com a estrutura, sua representação e entre outros aspectos relacionados com a conta.
Abordaremos também o método de partidas dobradas que consagra sobre a igualdade do débito e crédito nas alterações quantitativas e ou qualitativa dos factos patrimoniais.

2.Objectivos

2.1 Objectivo Geral

Analisar aspectos atinentes ao Estudo das Contas a nível da contabilidade Geral.2.2 Específicos

- Contextualizar a conta (compreensão, extensão)

- Descrever a natureza de movimentação, variação e sua representação patrimonial.

3. Justificativa Emocional

Compreender as a Estrutura das contas e seu efeito na contabilidade tendo em conta que o estudo das contas é o princípios que nos leva a um domínio da contabilidade . Constitui umapeça nuclear no processo de construção de obras contribuindo assim para o crescimento do raciocínio contabilístico Nacional.

1.CONTA

1.1.Conceito

Podemos definir a conta como um conjunto de elementos patrimoniais agrupados e classificados, segundo a sua natureza e função, com as mesmas características e expressas na mesma unidade de valor ( moeda).

Os elementos da conta são:1.Compreensão – podemos definir como um conjunto de características que compreendem a conta. Ex: Mercadorias, Caixa.

2.Extensão – define a qualidade e esta é expressa em unidades monetárias. A cada elemento patrimonial é-lhe atribuído um determinado valor que deve constar na contabilidade, inscrito na sua respectiva conta.

3.Titulo - considerado a denominação própria, é a expressão que designa aconta. Deve ser concebido com tal clareza, que devera constituir, só por si, o elemento identificador do conteúdo de cada conta, a fim de se distinguirem bem umas das outras.

Requisitos e uma conta:

Homogeneidade – De acordo com este requisito, uma conta só deve conter os elementos com a mesma características.

Ex: a conta só pode conter: notas de banco e moedas metálicas de curso legal,cheques e vales postais.

Integridade – segundo este requisito, uma conta deve incluir todos os elementos que gozam da característica comum.. a conta Caixa devera incluir toda a moeda, quer nacional quer estrangeira, que a empresa possui bem como todos os cheques e vales postais

Invariabilidade -Segundo este requisito as contas não podem variar consoante consoante tempo, ou vontade do individuo.Ex: caixa sempre será caixa. Não podemos lançar hoje como caixa e amanha como bancos

1.2 ASPECTO ESTÁTICO E DINÂMICO

A conta sendo a essência da contabilidade importa referir que ela pode sofrer mutações em relação o código da conta como é o caso da Normalização Contabilística define-se como um conjunto de regras e princípios q visam:
a) elaborações de um quadro de contas q devam ser...
tracking img