Construtivismo de emilia ferreiro a piaget

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1078 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 24 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
É através do trabalho humano que as realizações objetivam e exteriorizam os sujeitos que fazem parte do mundo. Esse trabalho é atividade humana que transforma o mundo ao mesmo tempo em que transforma o sujeito. “Ao atuar, por meio deste movimento, sobre a natureza externa a ele e ao modificá-la, ele modifica, ao mesmo tempo, sua própria natureza” (Marx, 1985, p.149). É assim que o homem sereconhece em seu trabalho e se orgulha daquilo que constrói, dando-lhe significados. Aqui podemos compreender que o homem se reconhece no mundo através do seu trabalho!
Mas segundo Marx, o processo de trabalho no modo de produção capitalista impede a realização do trabalho criativo, e consequentemente, a formação do trabalhador como responsável pela construção social. Vocês podem estar se perguntando:Como e por que isso acontece? Marx deu uma resposta muito bem clara: em virtude do processo de divisão da sociedade em classes sociais, através da mais valia e da propriedade privada dos meios de produção. Como consequência desse processo, temos a categoria da Alienação como elemento que impede os sujeitos de se compreenderem como produtores de tudo: política, cultural, ideologia, musica, prédios,casas, educação.
Mas será que conseguimos romper com a alienação imposta pela sociedade capitalista? Vinicius de Moraes, na poesia “O homem em construção” demonstra como esse processo se efetiva. Leia a poesia e responda a essa questão: Em que momento podemos verificar a ruptura da alienação imposta pelo trabalho alienado? Guarde sua resposta para daqui a pouco!
Veja em Anexo0000150742 - AULAATIVIDADE EM PDF HOMEM EM CONTRUÇÃO |
E por que trabalhar a ruptura da alienação em Marx, no processo de formação de professores? Lembram da resposta a pergunta lançada acima? Pois bem, o professor é um dos responsáveis por ajudar no processo de ruptura da leitura de mundo imposta pela sociedade capitalista. Isso mesmo! Somos mediadores do conhecimento, e para isso temos que ter claro queideologicamente, a sociedade não quer, na maioria das vezes, que sejamos livres de fato e de direito. Livre no sentido do pensamento, de nossas escolhas, ações.
Para isso, torna-se essencial compreender o papel e o trabalho do professor nesse processo, elencando três características principais: a relação com o produto do seu trabalho, o saber e o saber fazer e a questão do vinculo afetivo. 
A primeiraespecificidade do trabalho do professor diz respeito ao produto do seu trabalho. Segundo CODO (2000), o produto do trabalho do professor é a formação de outra pessoa, ou seja, o aluno educado. Façamos um paralelo entre o trabalhador de uma fábrica de autopeças e o trabalhador docente. O produto, o resultado final, não pertence ao trabalhador em ambos os casos. No caso do operário, as peças sãopara o carro, propriedade do empresário e, no caso do professor, a “peça” é o aluno. Mas podemos distinguir uma especificidade entre ambos.
A diferença está na qualidade do vínculo que o trabalhador necessitou estabelecer com seu produto para que a atividade se realize. Em um caso, a atividade de trabalho tem que se objetivar em um sujeito, o aluno; no outro, num objeto. No primeiro caso, otrabalhador precisa formalizar um acordo, negociar para poder desenvolver a sua atividade, no segundo ele não tem na sua frente “um outro”, mas um objeto sobre o qual imprime sua atividade. (CODO 2000, p.45).
PARA A MAIORIA DOS TRABALHADORES Modificar a natureza > modificar a si mesmo > produto > modificar o outroPARA O EDUCADOR A RELAÇÃO É DIRETAModificar a si mesmo > modificar o outro >modificar o mundo  |
O segundo aspecto particular é que o saber e o saber-fazer estão especificamente relacionados ao professor, e são as condições centrais para o desenvolvimento do seu trabalho, embora determinados pelas condições econômicas, políticas, sociais e culturais. Portanto, há determinações internas e externas ao exercício profissional, e o professor faz a mediação entre essas...
tracking img