Considerações sobre qualidade na educação infantil

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 44 (10810 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de março de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
CONSIDERAÇÕES SOBRE QUALIDADE NA EDUCAÇÃO INFANTIL
BIANCA CRISTINA CORRÊA
Mestre em Educação pela Universidade de São Paulo bianca2cbr@yahoo.com.br

RESUMO
O trabalho aborda a temática da qualidade na educação infantil tomando como fundamento principal a idéia de direitos da criança. São discutidos três aspectos referentes ao atendimento público na educação infantil, especialmente napré-escola: a relação entre oferta e procura, a razão adulto/criança e a dimensão de cuidado no trabalho a ser realizado nessa etapa da educação. EDUCAÇÃO INFANTIL – EDUCAÇÃO PRÉ-ESCOLAR – DIREITOS DA CRIANÇA – QUALIDADE DA EDUCAÇÃO

ABSTRACT
CONSIDERATIONS ABOUT QUALITY OF EARLY CHILDHOOD EDUCATION. This paper addresses the realm of the quality of early childhood education based on the idea ofchildren’s rights. Three aspects related to public early childhood, especially at preschool, are discussed: the relationship between supply and demand, the ratio adult/child and the dimension of care embedded within this educational phase. EARLY CHILDHOOD EDUCATION – PRESCHOOL EDUCATION – CHILDREN’S RIGHTS – EDUCATION QUALITY

Este artigo apresenta reflexões oriundas de dissertação de mestrado,defendida em abril de 2001, na Universidade de São Paulo, sob o título: Possibilidades de participação familiar e qualidade na educação infantil.

julho/ 2003 Cadernos de Pesquisa, n. 119, p. 85-112, julho/ 2003

85

Neste artigo apresentamos uma breve discussão sobre qualidade e direitos da criança, tomando estes últimos como fundamento principal para a definição de padrões mínimos na educaçãoinfantil. Com base nesse fundamento, selecionamos três aspectos para uma discussão mais específica: o atendimento à demanda de 4 a 6 anos pelo poder público, a razão adulto/criança na maioria dos estabelecimentos e o cuidado como parte integrante do trabalho realizado na pré-escola. Esses aspectos serão abordados com base em pesquisa cujo objetivo principal foi observar práticas existentes oupotenciais de participação das famílias na educação infantil, tendo como pressuposto que tal participação, numa perspectiva democrática, deveria ocorrer em todos os níveis e instâncias de decisão junto à escola. Acreditava-se também que ela seria, por um lado, um direito da família, por outro, uma necessidade da escola e, finalmente, que a participação poderia influenciar positivamente a qualidade dotrabalho. O estudo compreendeu tanto pesquisa bibliográfica, quanto de campo, esta última realizada em uma escola municipal de educação infantil (Emei) da cidade de São Paulo, que atende crianças de 4 a 6 anos de idade. Além de observações do cotidiano em diferentes momentos e circunstâncias, foram realizadas entrevistas com todos os segmentos profissionais e com crianças dos diferentes estágios eperíodos de funcionamento da escola. Foram ainda entrevistadas mães de crianças que já haviam saído da escola e daquelas que a freqüentavam. Ao abordar os aspectos que selecionamos para discutir qualidade, utilizaremos além da análise documental, alguns dados da pesquisa de campo. QUALIDADE OU QUALIDADES? Pode-se dizer que todos os estudos sobre o fenômeno educacional implícita ou explicitamente,parecem discutir, questionar e, no limite, apontar novos métodos, estratégias, meios etc. para uma melhoria da assim chamada qualidade da educação. O mesmo vale para as políticas educacionais, especialmente no que diz respeito às chamadas “reformas educacionais” que, ao menos no plano do discurso, justificam suas propostas e projetos com base na necessária busca da melhoria da qualidade daeducação.O mesmo termo, contudo, pode assumir diferentes significados e posicionamentos, tanto ideológicos quanto práticos. Fúlvia Rosemberg, em trabalho apresentado no 1º Simpósio de Educação Infantil promovido pelo MEC em 1994, toma a “eqüidade” como um dos eixos para se pensar a qualidade da educação infantil, e faz o seguinte alerta:

86

Cadernos de Pesquisa, n. 119, julho/ 2003

Esse eixo...
tracking img