Conservadorismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1111 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
TERÇA-FEIRA, 30 DE JUNHO DE 2009
Resenha sobre Burke
Momento Histórico
Para um bom entendimento de Reflexões sobre a Revolução em França, provavelmente a obra mais importante de Edmund Burke, é necessário compreendermos tanto sua vida política, como o momento histórico e as razões pelas quais escreve o livro. Em seguida, pretendemos passar à análise da obra em questão, tentando relacioná-lacom um ponto central no pensamento de Burke: sua aversão ao exercício de um “poder arbitrário”. Procurar demonstrar, ainda, uma coerência no pensamento do autor no livro em questão com suas posições políticas anteriores constitui o objetivo desta resenha.
Nascido em 1730, Burke passa por quatro revoluções – a Americana, a revolta dos Bengalis (na Índia), as revoltas dos católicos irlandeses e aFrancesa; além da disputa entre Whigs e Tories no cenário político britânico. Como líder dos Whigs (grupo de esquerda considerado progressista e contra a intervenção do Rei na Política - contrários a James II ), defende sempre os que lutam contra um poder arbitrário, abominado por Burke. Trata-se de um raro caso de teórico e ao mesmo tempo ator político.
Causa impacto em 1790 (18 meses, portanto,depois da Queda da Bastilha, marco histórico da Revolução Francesa), ao publicar Reflexões sobre a Revolução em França, que marca seu rompimento com os Whigs. Burke considera o que acontecia na França como o exercício de um poder arbitrário. Temendo as repercussões de tais eventos em seu país, Burke escreve o livro com uma finalidade prática: persuadir os “simpatizantes” do processo revolucionáriofrancês de seu caráter nocivo à sociedade como um todo. Tentaremos, então, demonstrar como se desenvolve o argumento de Burke ao longo da obra.
Teoria de Edmund Burke e Reflexões sobre a Revolução em França
Burke foi o primeiro grande teórico a escrever sobre a Revolução Francesa. Escrita no calor dos acontecimentos, a obra é marcada pelo temor com o que poderia ocorrer com a França, e asrepercussões em solo britânico:
“The intervening period had been characterized by a mixture of popular violence and peaceable, if feverish political activity in France, as its absolute monarchy gave way to a constitutional monarchy. A detached observer would be unsure of the future — whether destruction and violence would predominate or whether an enduring constitutional order would emerge was aquestion which events had not answered. In the event, of course, the Revolution would be characterized by both violence and constitutional development, at different times, but this was as unknowable in 1790 as it is obvious in 2004” (HARRIS, em site citado).
Seu temor é compreensível. Seus escritos são uma reação, uma crítica ao processo que ocorria na França.
Tradicionalista que era, Burke temiamudanças drásticas. Acreditava na inexorabilidade das mudanças, entretanto, observando a velocidade com que ocorriam ao seu redor, pretendia a manutenção de instituições tradicionais (como a família e a Igreja). Ao mesmo tempo, determinadas partes da sociedade se transformariam de maneira paulatina, e não revolucionária. Esta é a razão de Burke “iniciar um ataque ao Estado revolucionário-democrático porcausa do que ele sentia serem intrusões praticadas contra as legítimas esferas de autoridade e função em outros níveis de ordem social maior” (NISBET, 1987, p. 407).
Vejamos se tal não seria o caso da Revolução Francesa, que no anseio de reestabelecer, de recriar, uma ordem social baseada na razão, criou inclusive um novo calendário e um sistema de pesos e medidas – este último utilizado atéhoje em boa parte do mundo.
Ora, atentemos para a unidade no pensamento de Burke: defendera os colonos americanos ao lado dos whigs por considerar arbitrário o poder imposto pelo governo britânico; defendera, em casos análogos, irlandeses e indianos; deparava-se, agora, em enfrentar o seu próprio grupo político (que em sua concepção de partido seria considerado como tal) mantendo-se fiel a sua...
tracking img