Conhecimento filosofico

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1111 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
ALINE PUCAS PINTO
ANDRÉA DE JESUS MACHADO
GEIZE CUNHA ANGELIM
JOSIANE DA SILVA REIS
MAURICIO MATOS MARTINS
SUELEM FERREIRA DE SOUZA

CONHECIMENTO FILOSÓFICO

Trabalho apresentado à disciplina Metodologia Da Ciência, Turma ADM0401, Curso de Administração, Centro Universitário do Norte/Laureate, para obtenção de nota parcial do 1ª Bimestre.

Professora: Lorena Facanha Leitão. MSc.MANAUS
2013
SUMÁRIO

INTRODUÇÃO 3
1 CONHECIMENTO FILOSÓFICO 4
1.1 O QUE É O CONHECIMENTO FILOSÓFICO 5
1.2 CARACTERÍSTICAS 5
1.2.1 Como funciona o conhecimento filosófico 6
2 IMPORTÃNCIA DO CONHECIMENTO FILOSÓFICO 6
CONCLUSÃO........... 7
REFERÊNCIAS............ 8

INTRODUÇÃO

 Este trabalho é sobre o conhecimentofilosófico, mais concretamente falar das suas características, como funciona e o que é este conhecimento. O objetivo deste trabalho é a maior compreensão do que é este tipo de conhecimento, e da sua importância na vida do homem. Está organizado em tópicos, onde abordamos seu conceito suas fases, seu objetivo e assim sucessivamente. A metodologia utilizada foi a pesquisa bibliográfica, enriquecida comum debate que fizemos em sala,  e com conteúdos da internet.


1 CONHECIMENTO FILOSÓFICO

Nos vários campos da filosofia ou das ciências particulares; o ser humano contenta-se momentaneamente com as conclusões obtidas, de acordo com Santos:

O espírito humano não deixa de perguntar enquanto não tiver chegado à causa suprema, à razão derradeira que explica tudo; somente então declara-sesatisfeito. Essa busca incessante é que leva ao conhecimento filosófico. (1998, p.19).

O conhecimento filosófico como o próprio termo indica é originário da Filosofia. Esta palavra foi utilizada pela primeira vez por Pitágoras no século VI a.C. Em sentido etimológico, Filosofia significa devotamento à sabedoria, isto é, amigo da sabedoria, o que significa interesse em acertar nos julgamentossobre a verdade e a falsidade, sobre o bem e o mal.
A Filosofia tem como propósito questionar os problemas reais, usando princípios racionais. Ela procede de acordo com as leis formais do pensamento, tem método próprio, predominantemente dedutivo em suas colocações críticas. A filosofia pode ser definida ainda como o conjunto de estudos ou considerações que se caracterizam pela intenção de ampliara compreensão da realidade, no sentido de apreendê-la em sua inteireza, quer pela busca da realidade capaz de abranger todas as outras, quer pela definição do instrumento capaz de apreender a realidade. Assim, podemos considerar que a filosofia indaga, traça rumos, assumem posições, estruturas correntes que inspiram ou dominam mentalidades em determinados períodos, mas que, em seguida, perdemvigor diante de novas concepções, que geralmente hostilizam as anteriores, à maneira das correntes literárias, das artes em geral ou das religiões.
O conhecimento filosófico é valorativo, pois seu ponto de partida consiste em hipóteses, que não poderão ser submetidas à observação: “as hipótese filosóficas baseiam-se na experiência, portanto, este conhecimento emerge da experiência e não daexperimentação” (TRUJILLO apud LAKATOS, 2010, p. 60); por este motivo, o conhecimento filosófico é não verificável, já que os enunciados das hipóteses filosóficas, ao contrário do que ocorre no campo da ciência, não podem ser confirmados nem refutados.
Como fonte de conhecimento, existe o chamado racionalismo (razão), que para Santos admite: “O conhecimento racional, afirmando que a razãoé a verdadeira fonte do conhecimento” (1998, p.20) admite a existência de um conhecimento a priori, independente da experiência.
É racional, em virtude de consistir em um conjunto de enunciados logicamente correlacionados; é sistemático, pois suas hipóteses e enunciados visam à representação coerente da realidade estudada, em uma tentativa de apreendê-la em sua totalidade; é...
tracking img