Conflitos na caxemira

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1868 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
a) Identificação geográfica da área do conflito
A Caxemira consiste num território montanhoso localizado entre o norte da Índia, o nordeste do Paquistão e o sudoeste da China. Sua extensão territorial é de 220 mil quilômetros quadrados, sendo áreas de influência da Índia (100 mil km²), Paquistão (80 mil km²) e China (40 mil km²).
Historicamente, esse território tem sido alvo de disputas entreesses três países desde 1947, quando ocorreu a fragmentação das Índias Britânicas, e o consequente processo de descolonização do subcontinente, dando origem a dois países: Paquistão (com maioria da população mulçumana) e Índia (população hinduísta). Além da localização estratégica, o domínio da Caxemira proporciona o controle das águas do curso médio do rio Indo.

Após divisão territorial, ascentenas de estados que formavam a gigantesca região das Índias Britânicas anexaram-se ao Paquistão ou à Índia. No entanto, a Caxemira era governada por hindus, e sua população de 5 milhões de habitantes, dos quais 80% eram mulçumanos, dificultou uma decisão a respeito de qual país a Caxemira seria anexada.

Portanto, foi decidido que a Caxemira iria continuar como um território autônomo, ouseja, se tornou um estado independente. Essa decisão desencadeou uma grande rebelião dos mulçumanos (maioria da população) contra o governo hindu (minoria da população).

A insatisfação dos mulçumanos contra o governo da Caxemira proporcionou uma série de atentados violentos, fazendo com que o governo local solicitasse auxílio da Índia. O Paquistão, por sua vez, enviou tropas em ajuda aosmulçumanos na Caxemira. O confronto durou mais de um ano e o território foi divido por uma linha que estabeleceu um lado hindu e um lado mulçumano.

Os conflitos entre Índia e Paquistão intensificaram-se durante a década de 1990. O Parlamento indiano declarou que a Caxemira (inclusive a parte de influência do Paquistão) pertencia à União Indiana. Entre 1990 e 1995, aproximadamente 10 mil pessoas forammortas nos confrontos.

Uma guerra entre os dois países pode levar a um combate com utilização de armas nucleares, pois as duas naçõespossuem tecnologia para a fabricação desse tipo de armamento. Tanto a Índia quanto o Paquistão já realizaram testes de seus arsenais atômicos.

Além do Paquistão e da Índia, a China também possui interesse pela Caxemira, pois o território disputado é de grandeimportância estratégica para o país. Sua localização geográfica facilita o acesso chinês ao Tibete e à região de Sinkiang, ambas sob o domínio chinês.


Fronteiras: Índia x Paquistão
A fronteira entre Índia e Paquistão é a linha que limita os territórios da Índia e do Paquistão, estabelecida a partir da independência dos dois estados a partir do Raj Britânico, em 1947. As relações entre osdois estados são muito tensas e a passagem na fronteira de pessoas e bens é estritamente limitada. A principal fonte desta discórdia relaciona-se com a questão de Caxemira: nesta região, não há consenso sobre o traçado da linha de fronteira.

Em Caxemira o traçado da fronteira está por definir. A Índia reclama soberania sobre as províncias de Caxemira Livre e Áreas do Norte, atualmente sobcontrole paquistanês. O Paquistão considera-se soberano sobre a zona do glaciar de Siachen, controlado pela Índia desde o conflito de Siachen em 1984. A região não tem nenhuma fronteira no sentido internacional, mas apenas uma linha de cessar-fogo, a Line of Control, limite das posições militares aquando do fim da Primeira Guerra Indo-paquistanesa em 1949. Esta linha de controle está materializada naquase totalidade do seu traçado por uma fileira dupla de arame farpado rodeado por campos minados. Conflitos entre os dois exércitos são regulares.

b) Caracterização socioeconômica e cultural da área de ocorrência entre os conflitos
Sobre a Índia:
A Índia é considerada a 10º maior economia do mundo. O PIB do país, em 2007, chegou à casa dos U$800 bilhões, com um crescimento de 8% em...
tracking img