Conectivos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2002 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
FACULDADE NOSSA CIDADE
ENGENHARIA CIVIL
TURMA: 1°. A PERÍODO: MATUTINO

ALUNO: MARCIA MARIA BATISTA DA SILVA

CONECTORES
CONJUNÇÕES, PRONOMES, SINONIMOS.

CARAPICUIBA - SP
ABRIL DE 2012

AUTOR: MARCIA MARIA BATISTA DA SILVA

CONECTORES
CONJUÇÕES, PRONOMES E SINÔNIMOS.


PESQUISA SOBRE CONECTORES, APRESENTADA À DICIPLINA DE LEITURA E PRODUÇÃO TEXTUAL, DO CURSO DEENGENHARIA CIVIL, DA FNC – FACULDADE NOSSA CIDADE, SOLICITADA PELA PROFESSORA MEIRE.
PESQUISA SOBRE CONECTORES, APRESENTADA À DICIPLINA DE LEITURA E PRODUÇÃO TEXTUAL, DO CURSO DE ENGENHARIA CIVIL, DA FNC – FACULDADE NOSSA CIDADE, SOLICITADA PELA PROFESSORA MEIRE.







CARAPICUIBA - SP
ABRIL / 2012





SUMÁRIO

Conjunção
Conjunção coordenada
Aditiva
ExplicativaAlternativa
Conclusiva
Adversativa
Conjunções subordinada
Causais
Concessivas
Condicionais
Conformativa
Finais
Proporcionais
Temporais
Comparativas
Consecutiva
Integrantes

Conjunção
Conjunção coordenada
Aditiva
Explicativa
Alternativa
Conclusiva
Adversativa
Palavras e Locuções Denotativas
Explicação
Afastamento
Afetividade
Aproximação
Designação
Exclusão
Adição
InclusãoLimitação
Retificação
Situação
Bibliografia

RESUMO

Conectivos ou conectores

Conjunção
A palavra conjunção vem do conjunto, que significa juntar as partes em um todo, ou seja, relaciona duas orações ou une dois termos semelhantes na mesma oração.

Conjunção coordenada

Conjunção coordenativa é formada por duas orações que separadas continuam tendo sentido completo.
Ex. Luízafoi para o Canadá e conheceu a fama.
Luíza foi para o Canadá.
Conheceu a fama.
Podemos classificar as conjunções coordenativas em :

Aditiva - que passa a ideia de soma serve também para ligar dois termos ou duas orações: e, não só, mas, também, nem, etc.
Ex. Fui à praia e tomei banho de mar.
Fui à praia e nem tomei banho de mar.

Adversativa – passa a ideia de oposição ou decontraste: mas, porém, todavia, contudo, no entanto, entretanto, etc.
Ex. Fui ao supermercado, porém não levei dinheiro.
Entendi a matéria, porém não consigo explicar.

Alternativa – passa a ideia de alternância ou exclusão, ligando termos ou orações de sentido distinto, dando a entender que se algo acontece outro não: ou...ou, ora ... ora, etc.
Ex. Ou compro bota ou compro sapato.
Ora gosto depassear ora gosto de ficar em casa.

Conclusiva- serve para ligar à anterior uma oração que exprime conclusão ou consequência: logo, pois, portanto, por seguinte, por isso, assim, etc.:
Estas roupas estão sujas, e, portanto não é possível usa-las.
A festa estava chata, por isso fui embora.

Explicativa- liga a primeira oração a segunda onde justifica a ideia contida na primeira: que, porque,pois, porquanto, etc.:
Vamos almoçar, que estou com fome.
Luiz preferiu ir a pé, pois sua casa era perto.

Conjunções subordinada

É quando a conjunção exerce o papel de ligar as orações e estabelece entre elas uma relação de dependência.
Ex. Marcela confirmou que não vai ao baile.
Se separadas perde o sentido lógico.
Ex. Marcela confirmou.
Não vai ao baile.

Podemos classificar asconjunções subordinadas em: causais, concessivas, condicionais, conformativas, finais, proporcionais, temporais, comparativas, consecutivas e integrantes.
Sendo que as integrantes introduzem orações substantivas, e as outras iniciam orações verbais.
Observação: FERREIRA DA CUNHA (1980, p. 539) “Saliente-se que as comparativas e consecutivas (e às vezes as proporcionais) introduzem oraçõessubordinadas adverbiais, mas vêm geralmente correlacionadas com um termo da oração principal.”.

Causais: que atribui causa: porque, pois, porquanto, como, pois que, por isso que, uma vez que, já que, visto que, que, etc.:
Exemplos:
Eu amo, amo porque quero, amo porque gosto, porque esse é o meu jeito.
E a festa acabou, visto que todos os candidatos foram embora.
Ele estava bêbado, por isso bateu...
tracking img