Concorrencia perfeita

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1401 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Resumo


O presente artigo, referente à concorrência perfeita na economia de mercado, mostrara e analisara em textos e em exemplos gráficos e reais o comportamento, os aspectos e o que se faz necessário para se ter esse tipo de concorrência que se mostra mais teórica do que real na medida em que posto em condições normais, esse modelo sempre parece possuir lacunas em aberto que distorce a suaperfeição de acordo com seu modelo dedutivo e hipotético de funcionamento no mercado econômico.

Palavras chave
Concorrência Perfeita
Mercado
Economia







_________________________
Graduando em Direito pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais
lvleocorrea@gmail.com
· pcarvalhoxavier@hotmail.com
· gustavo.alves1@hotmail.com
· abaurre2010@hotmail.com
·phaelc.amaral@hotmail.com

1 INTRODUÇÃO

Estruturas de mercado são modelos que captam aspectos inerentes à organização dos mercados. No mercado de bens e serviços, as formas de mercado, segundo essas cinco características, são as seguintes: concorrência perfeita, monopólio, concorrência monopolística (ou imperfeita) e oligopólio. As diferentes estruturas de mercado estão condicionadas poralgumas variáveis principais, tais como: o tamanho das empresas, a diferenciação dos produtos, a transparência do mercado, os objetivos dos participantes, o acesso de novas empresas.
Em praticamente todos os setores da economia há a ocorrência de grande contingente de indústrias e consumidores que atuam uns de frente aos outros que modelam as relações comerciais de acordo com a demanda, ofertae principalmente o preço de mercadorias de forma natural e objetiva.
É nesse contexto que surge o “fenômeno” da concorrência perfeita onde se encontra uma situação limítrofe onde nenhuma empresa ou consumidor detêm suficientemente o poder de influenciar o preço de mercado, sendo necessário um consenso entre esses dois extremos quanto à quantidade e o preço a serem seguidos por empresasde um mesmo seguimento visando um fluxo natural de oferta entre os participantes desse mercado.
Tomando como referência a concorrência perfeita, a qual é mais um conceito especulativo devido à dificuldade de se obter na pratica as características que a configuram, como a homogeneidade dos produtos, a não intervenção do Estado, entre outras, pode-se dizer que o estudo desse tipo deestrutura de mercado nos serve de importância para tomarmos conhecimento de qual o melhor caminho se deve seguir nas relações de mercado, sendo este tipo de concorrência a mais ideal teoricamente do que as demais uma vez que ela não mostra disparidades econômicas.








2 REFERENCIAL TEÓRICO

2.1 Características da Concorrência Perfeita

- Número de firmas produtoras no mercado. É um tipode mercado que existe um grande número de consumidores e um grande número de produtores, e que nenhum deles tenha dimensão suficiente para influenciar o mercado;

- Transparência do mercado, no sentido de que todos os consumidores e todos os produtores devem ter um conhecimento perfeito de todos os preços; é por este motivo que a legislação obriga à afixação dos preços dos produtos, nas montrasdos estabelecimentos, nas bancas de peixe, etc.;

- Homogeneidade dos produtos. Não existe diferenciação dos produtos, o que facilita a singularidade dos preços no mercado;

- A não intervenção do Estado: o Estado não intervém, deixando o mercado regular-se através da chamada "mão invisível da concorrência". Os preços são definidos pelo livre jogo da oferta e demanda. Assim, o equilíbrioseria sempre alcançado tanto a curto, como a médio e longo prazo;

“Mão invisível” foi um termo introduzido por Adam Smith em "A Riqueza das nações" para descrever como numa economia de mercado, apesar da inexistência de uma entidade coordenadora do interesse comunal, a interação dos indivíduos parece resultar numa determinada ordem, como se houvesse uma "mão invisível" que os orientasse....
tracking img