Concorrencia perfeita e monopolio

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1360 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UFPB – UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA
CCSA – CENTRO DE CIÊNCIAS SOCIAIS APLICADAS
CURSO: ECONOMIA
DISCIPLINA: MICRO II

LISTA DE EXERCÍCIO – 1ª UNIDADE

1. Cite as características do mercado em concorrência perfeita.
2. Apresente a condição de equilíbrio para a firma em concorrência perfeita.
3. Explique a condição de equilíbrio em concorrência perfeita, demonstrando por que noponto onde RMg = CMg a firma maximiza seus lucros.
4. Formalize o processo de tomada de decisão no curto e no longo prazo.
5. Destaque os fatores que podem induzir a formação de monopólios.
6. Apresente o problema do monopolista.
7. Descreva as formas de discriminação de preços.
Resolver e entregar a resposta a partir da questão 8.
8. Considere um mercado de leiteperfeitamente competitivo, conforme descrito abaixo: No gráfico, DD é a demanda e SS, a oferta. O equilíbrio, no mercado livre, é dado por Q0 e P0. Suponha que o governo fixe um preço Pg tal que Pg > P0, e que, para sustentar esse preço, adquira todo o excedente de produção. Isto posto, avalie as afirmações:


[pic]


Ⓞ Ao fixar o preço em Pg, o governo terá de adquirir Q0 – Q1.
① (a+ b) é a redução do excedente dos consumidores.
② (a + b + d) é o aumento do excedente dos produtores.
③ O custo da intervenção para o governo é (Q2 – Q1)Pg.
④ A sociedade como um todo sofre uma perda de bem-estar.
17. O gráfico abaixo mostra o efeito de um imposto específico pago pelo vendedor, no qual p0q0 e p1q1são preços e quantidades antes e após o imposto.






[pic]Analisando-se o gráfico, conclui-se que
(A) não há como afirmar quem pagará o imposto.
(B) quanto mais elástica a demanda, mais o imposto incidirá sobre o comprador.
(C) o preço p2 é o que o comprador pagará após o imposto.
(D) o imposto será pago só pelo vendedor.
(E) a maior parte do imposto será paga por quem for mais inelástico.


9. (Pindyck_cap 09_questão 9) O Exemplo 9.5 descreveos efeitos da quota do açúcar. Em 1997, as importações estavam limitadas a 5,5 bilhões de libras, o que elevou o preço no mercado norte-americano para $0,22 por libra. Suponha que as importações tivessem aumentado para 6,5 bilhões de libras.

a. Qual teria sido o novo preço no mercado doméstico dos EUA?

b. Quanto ganhariam os consumidores e quanto perderiam os produtores?



19.(Pindyck_cap 09_questão 15) Em 1998, os norte-americanos fumaram 23,5 bilhões de maços de cigarros, pagando um preço médio no varejo de $2 por maço.
a. Dada uma elasticidade da oferta de 0,5 e uma elasticidade da demanda de -0.4, derive curvas lineares para a demanda e a oferta de cigarros.
b) as três maiores empresas fabricantes de cigarros aumentaram o preço do maço do cigarro no varejo em $0,45.Quais são os novos preço e quantidade de equilíbrio? Quantos maços de cigarros a menos são vendidos?

20.Explique porque transferência de renda não altera o bem-estar da sociedade?

10. Faça uma pesquisa sobre as políticas de preço mínimo praticada no Brasil.



11. Coloque verdadeiro ou falso. Justifique as respostas

( )Para calcular o custo social do monopólio comparam-se osexcedentes do consumidor e do produtor de uma indústria competitiva e de um monopolista. No caso do último há uma transferência de excedente do consumidor para o produtor, cujo valor é dado pelo total da produção do monopólio multiplicado pela diferença entre o preço praticado pelo monopolista e o preço competitivo.
( ) Tudo o mais constante, se a elasticidade-preço da demanda em um mercado aumentarde 2,5 para 4 em valor absoluto, o mark-up do monopolista se reduzirá em 20%.
( ) O monopolista que determina o preço pela regra de mark-up sempre opera numa faixa de preços para os quais a demanda de mercado é inelástica.

12.A partir das condições de maximização do lucro do monopolista derive a relação de mark-up [pic]


13. O monopolista se defronta com uma curva de demanda dada por...
tracking img