Concepções educacionais e curriculos escolares

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1970 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de abril de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
ESCOLA SUPERIOR ABERTA DO BRASIL – ESAB
CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATU SENSU EM EDUCAÇÃO
MATEMÁTICA COMPARADA

TRABALHO COMPLEMENTAR

VILA VELHA, 2011
ESCOLA SUPERIOR ABERTA DO BRASIL – ESAB
CURSO DE PÓS-GRADUAÇÃO LATU SENSU EM EDUCAÇÃO
MATEMÁTICA COMPARADA

MÁRCIO RENATO SILVA PEREIRA

TRABALHO COMPLEMENTAR: Módulo Concepções Educacionais e Currículos

VILA VELHA, 2011
INTRODUÇÃOUma definição para currículo seria a relação de matérias/disciplinas com seu corpo de conhecimento organizado numa seqüência lógica, com o respectivo tempo de cada grade ou matriz curricular. A analogia em relação ao “plano de estudos”, tratado como o conjunto das matérias a serem ensinadas em cada curso ou série e o tempo reservado a cada uma. Revivendo a teoria curricular, podemos analisar ocurrículo escolar em função de dois grandes eixos: as concepções tradicionais ou conservadoras e as concepções críticas. Com origem nos Estados Unidos, tanto as visões conservadoras como as críticas influenciaram sobremaneira o campo no Brasil. Modernamente, currículo é visto como a soma de experiências vividas pela criança, sob a direção da escola, levando em conta e valorizando os interesses doeducando. Alguns representantes, como Dewey e Paulo Freire, contribuíram para o desenvolvimento das teorias progressivistas.

 As proposições progressivistas começaram a se esboçar a partir do século XVIII e se formaram como tentativa de buscar respostas aos enigmas socioeconômicos oriundos dos processos de urbanização e industrialização sobrevindos nos Estados Unidos no final do século XIX einício do século XX. A escola, nesse conjunto, era vista como a instituição responsável pela contrapartida dos problemas da sociedade mais ampla. O foco do currículo mudou do conteúdo para a forma, ou seja, a preocupação foi situada na organização das atividades, com base nas experiências, diferenças individuais e interesses da criança.

HISTORIA DA DISCIPLINA CURRÍCULO

Com o lançamento daobra The Curriculum, de Frankin Bobbitt, divulgada nos Estados Unidos em 1918, o currículo foi consolidado como campo de reflexão e de estudos. No Brasil, este aspecto originou ao que conhecemos como tecnicismo. Nele ocorreu a gênese da construção científica de um currículo que ampliasse os aspectos da personalidade adulta então considerados ‘desejáveis’, viabilizando a especificação de objetivos e seuscorrespondentes conteúdos, com ênfase a atenção de “como fazer e controlar” o processo educativo.

As noções de currículo, pautadas pela expectativa tradicional, foram latentes nos Estados Unidos dos anos 1920 ao final da década de 60. No Brasil, o ideal escolanovista influenciou o pensamento educacional e curricular a partir dos anos 20 e a visão tecnicista apareceu com força na década de 1960 e70. As percepções de currículo pautam-se em uma visão salvadora frente à analogia educação e sociedade, com respostas distintas na forma, mas protegendo e articulando um mesmo objetivo – adaptar a escola e o currículo à ordem capitalista, com base nos princípios de ordem, racionalidade e eficiência.

Ao fim da década de 60 e na década de 70, proliferam, nos Estados Unidos e na Inglaterra,estudos no campo do currículo que implantam a teoria crítica.  Os teóricos, críticos ao fato marcado pelas injustiças e desigualdades sociais, fizeram o que era possível para apontar o papel da escola e do currículo na reprodução da estrutura social e abalizar aberturas para a construção de uma escola e um currículo afinados com os interesses dos grupos oprimidos.

Paulo Freire
Freire demonstrou esugeriu uma obra que tem efeitos sobre o currículo, a partir do momento que passou a servir de parâmetro para as proposições de vários autores ligados ao desenvolvimento de perspectivas mais ligadas a estes parâmetros curriculares. Em Pedagogia do Oprimido, ( bem analisado por Tomaz Tadeu Da Silva), sua análise está mais voltada a ótica da filosofia do que a sociologia e a economia política,...
tracking img