Concepções éticas e ideologicas acerca do homem

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1176 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
CURSO: BACHARELADO EM SERVIÇO SOCIAL DA UNIFACS
NILDA PASSOS DE JESUS

CONCEPÇÕES ÉTICAS E IDEOLOGICAS ACERCA DO HOMEM

1 COM BASE NA AULA 5 E EM SUAS PESQUISAS, EXPLIQUE PORQUE O HOMEM É CONDENADO A LIBERDADE?

O homem pode ser considerado um ser realmente livre? Temos obrigações a serem cumpridas todos os dias, horário, funções, deveres etc. Todas essas obrigações geram compromissos e,esses compromissos podem ou não serem assumidos pelo homem, e ai está a liberdade. Uma liberdade que se traduz em fazer escolhas, fazer uma escolha ou não fazer escolha alguma.

Se por liberdade referimo-nos à liberdade de escolha, então a questão equivale a perguntar se somos livres para escolher entre, digamos , A e B. Os deterministas disseram que não somos livres, porque o homem – com todasas outras coisas da natureza – é determinado por causas; assim como uma pedra lançada no ar não é livre para não cair, assim é o homem compelido a escolher A ou B, devido a motivos determinando-o, obrigando-o, ou fazendo-o escolher A ou B. (FROMM, p. 138, 1974)

Sendo assim, o homem é o indivíduo pelo qual os valores se consolidam e é por meio da escolha, que cada um cria e dá significância asua existência, aos seus valores, fundamentado na liberdade. O homem é, portanto condenado à liberdade porque diante das próprias escolhas a serem tomadas, assume responsabilidades com seu destino, em função daquilo que o motivou à escolha tomada.
O homem ao tornar-se responsável, ao tornar-se principal responsável dos próprios atos, dos seus deveres, torna-se cada vez mais livre, pois se ocontrário fosse, este não assumiria reponsabilidade alguma, estaria sempre tentando excluir os erros por medo, etc e, portanto a sua próprias existência seria desconhecida como compromisso, pois “existir é escolher, existir é sofrer angustia.” (LIMA, p. 524, 2012)

2 O QUE É ÉTICA?

O homem convive em coletividade, vive em sociedade com outros homens e, logo, é pertinente a ele refletir sobre o modode agir diante dos outros. É importante lembrar que a reflexão pode acorrer, porém a ação cotidiana e que se torna mais difícil para o homem. Uma vez que “a escolha moral só vale se for concreta, se expressar-se em ação. É fácil dizer o que é certo ou errado. Agir é outra coisa, requer muito mais decisão e coragem. (LIMA, p. 514, 2012)
Dentre vários aspectos, inclusive do convívio, a ética e amoral normalmente são confundidas, porém é a diferença entre o falar e o agir que as diferenciam. A moral tem relação com os costumes, hábitos, os comportamentos do homem. Enquanto que o conceito mais comum de ética é compreendido como os princípios, as condutas que devem ser adotadas pelo homem em seu meio social. “A ética é este conjunto de princípios que organiza a sociedade para uma vida emcomum, seja tão harmoniosa, quanto possível.” (LIMA, p. 509, 2012)
A ética pode ser entendida, a partir de outro sentido, como um conjunto de normas, princípios e regras que determinados grupos profissionais organizam para orientar seu exercício (códigos de ética dos advogados, dos assistentes sociais, etc). Porém este conjunto de normas e regras não é definitivo, até porque, ética não se trata deuma obrigação e, sim de um pensar e refletir de forma livre, autônoma e que deve ser contínuo devendo objetivar sempre a justiça, em todas as esferas da vida do homem, levando-o a agir, sobretudo por inteligência.

3 POR QUE É IDEOLÓGICO O CONSENSO DE QUE OS NEGROS SÃO CULPADOS PELAS SUAS PRÓPRIAS DESGRAÇAS? COM QUE ARGUMENTOS PODERÍAMOS RECUSAR ESSA EXPLICAÇÃO?

A ideologia da democraciaracial implantada no nosso país nos afirma desde a sua gênese a negação de uma verdadeira igualdade racial, já que foi empregada com vistas a manter uma hierarquia governante a tempos e confirma que é ideológica através da ideia de culpa inculcada na consciência dos próprios negros. Isto feita de forma sempre discriminatória, porém por vezes muito “maquiada”. “Todas as ações humanas comuns,...
tracking img