CONCEPÇÃO INATISTA
A concepção inatista parte do ponto de que o que ocorre após o nascimento não é importante para o desenvolvimento humano. As capacidades de cada ser humano como sua personalidade, valores, hábitos e religião, seu pensamento, suas emoções e conduta social, já se encontrariam basicamente prontas em sua forma final por ocasião do nascimento, sofrendo pouca diferenciação qualitativa e quase sem nenhuma transformação ao longo da existência.
As origens da posição inatista podem ser encontradas, de um lado na Teologia: Deus, de um só ato, criou cada homem em sua forma definitiva, Após o nascimento, nada mais haveria a fazer, pois p bebê játeria em si os genes do homem que viria a ser. Dessa forma, o destino de cada criança já estaria totalmente determinado pela “graça divina”.
A evolução, para Darwin, resulta de mudanças graduais e cumulativas no desenvolvimento das espécies. Essas mudanças, por sua vez, decorrem de variações hereditárias que fornecem vantagens adaptativas em relação às condições ambientais prevalecentes, concluindo que aqueles capazes de se adaptar ao meio serão capazes de sobreviver.
Aplicando essa teoria evolucionista na concepção inatista, sendo ela mal interpretada, não se levou em conta que o ambiente tem um impacto decisivo sobre o ciclo de vida dos membros de cadaespécie, muito embora não possa produzir neles alterações que venham a ser transmitidas a futuras gerações. A teoria de Darwin acabou, por assim dizer, compreendida erradamente na concepção inatista e afirmando que os fatores ambientais eram incapazes de exercer um efeito direto tanto na espécie quanto no organismo.

CONCEPÇÃO AMBIENTALISTA OU EMPIRISTA

Nesta concepção destaca o imenso poder que o ambiente possui em relação ao desenvolvimento humano. O homem é concebido como um ser extremamente plástico, que desenvolve suas características em função das condições presentes no meio em que se encontra. Essa concepção enfatiza a experiência sensorial [continua]

Ler trabalho completo

Citar Este Trabalho

APA

(2011, 10). Concepção inatista, concepção ambientalista ou empirista, concepção interacionista. TrabalhosFeitos.com. Retirado 10, 2011, de http://www.trabalhosfeitos.com/ensaios/Concep%C3%A7%C3%A3o-Inatista-Concep%C3%A7%C3%A3o-Ambientalista-Ou-Empirista/88804.html

MLA

"Concepção inatista, concepção ambientalista ou empirista, concepção interacionista" TrabalhosFeitos.com. 10 2011. 2011. 10 2011 <http://www.trabalhosfeitos.com/ensaios/Concep%C3%A7%C3%A3o-Inatista-Concep%C3%A7%C3%A3o-Ambientalista-Ou-Empirista/88804.html>.

MLA 7

"Concepção inatista, concepção ambientalista ou empirista, concepção interacionista." TrabalhosFeitos.com. TrabalhosFeitos.com, 10 2011. Web. 10 2011. <http://www.trabalhosfeitos.com/ensaios/Concep%C3%A7%C3%A3o-Inatista-Concep%C3%A7%C3%A3o-Ambientalista-Ou-Empirista/88804.html>.

CHICAGO

"Concepção inatista, concepção ambientalista ou empirista, concepção interacionista." TrabalhosFeitos.com. 10, 2011. Acessado 10, 2011. http://www.trabalhosfeitos.com/ensaios/Concep%C3%A7%C3%A3o-Inatista-Concep%C3%A7%C3%A3o-Ambientalista-Ou-Empirista/88804.html.