Conceito - neurose

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1433 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
A neurose, segundo dicionário de psicanálise de Roudinesco (1998), foi um termo primeiramente inventado pelo médico escocês William Cullen, em 1769. O termo foi proposto para a designação genérica de um conjunto de problemas somáticos que não apresentassem febre nem relação com qualquer órgão. Jean Martin Charcot, um século depois, popularizou o termo, relacionando-o com a histeria e a colocandocomo um tipo de neurose. Depois de ter se encontrado com Charcot, Sigmund Freud também começou a definir a histeria como uma neurose e, a partir de 1894, Freud adota o termo psiconeurose, que depois abandonaria, para ampliar a definição de neurose. Freud distingue psiconeuroses classificadas como de defesa e as psiconeuroses narcísicas. As psiconeuroses de defesa sendo, ainda, dividas em trêstipos: de fobia, de obsessão e histeria.
Em seu texto Três ensaios sobre a teoria da sexualidade (1949), Freud explica as psiconeuroses como sendo sustentadas por forças pulsionais sexuais que mantêm as manifestações patológicas. Para se entender melhor o que quer dizer essa frase e se poder analisar mais a fundo a questão das psiconeuroses é preciso explicitar como se dá esse processo que sustentaas manifestações patológicas, ou seja, o recalque, e seus elementos.
Os sintomas de pacientes histéricos são, para Freud (1949), substitutos de processos psíquicos, desejos e vontades, carregados de energia libidinosa que, por ação desse processo chamado recalque, foram impedidos de chegarem a consciência e de se realizarem. Freud afirma que os acontecimentos e as influências existentes nofundo de toda psiconeurose não pertencem somente a questões atuais, mas principalmente a uma época antiga na vida da pessoa, à sua primeira infância, mais precisamente, tendo sido esquecidos depois, embora só em certo sentido, pelo doente (Freud, 1892-1899). Esses processos psíquicos são mantidos, então, em um estado de inconsciência, e lutam para obter uma expressão que seja adequada para sua cargaemocional, encontrando a resposta para sua expressão em um sintoma, por exemplo, histérico.
Isso mostra que os sintomas são, na realidade, substitutos que emergem do fato de impulsos psíquicos não poderem obter a sua expressão e, portanto, ocasionarem um sintoma, que é o modo do impulso obter o acesso ao consciente que anteriormente lhe era negado. Esse sintoma é mantido por uma força que seorigina, segundo Freud (1949), da pulsão (ou instinto) sexual. Por pulsão, assim diz Freud, deve-se entender como o representante psíquico que possui fonte interna e contínua de excitação e que se distingue das excitações simples que vêm de fora do indivíduo. Deve ser entendido como aquilo que se situa precisamente na fronteira entre o psíquico e o físico. As pulsões, como somente medidas detrabalho feitas à mente, não têm qualidades em si e se diferenciam apenas pelas suas relações com suas fontes somáticas e seus objetivos. As pulsões podem se dividir, Freud propõe, em dois grupos principais: as pulsões do ego,ou autopreservativos, e as pulsões sexuais (Freud, 1974). As pulsões do ego, que se mostram principalmente na vergonha, na repugnância e na moralidade, são responsáveis pelasformações das forças de resistência contra certos impulsos das pulsões sexuais de pessoas com psiconeurose. Assim como afirma Freud (1949), “Entre a pressão do instinto e seu antagonismo à sexualidade, a doença lhe oferece um caminho de fuga” (p. 167).
A eliminação dos sintomas de pacientes histéricos pela psicanálise funda-se nessa explicação da formação do sintoma. Retransformando esses sintomas devolta em ideias emocionalmente carregadas de energia libidinosa, pode-se obter a eliminação dos sintomas e o exato entendimento das estruturas psíquicas inconscientes (Freud, 1949). A psicanálise pode, em geral, trazer à luz e esclarecer que a doença só se tornou possível pelo componente sexual do conflito, que impediu os processos psíquicos de alcançar um resultado normal. Mas a psicanálise...
tracking img