Conceito de comportamento organizacional

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1032 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
OBJETIVO E QUESTÕES–PROBLEMA
3.1 Objetivo Geral
O objetivo central deste artigo é o de analisar as possíveis correlações teóricas entre os
conceitos de comportamento organizacional e continuo ético, realçando a importância dos
valores humanos e valores organizacionais no desenvolvimento qualquer tipo de atividade.
Neste caso específico, analisar-se-ão as práticas relacionadas àsformas de reação da
organização para com a sua responsabilidade social.
3.2 QUESTÕES-PROBLEMA
Questão 1: Pode ser encontrado algum tipo de relação entre os valores
organizacionais e os conceitos associados à responsabilidade social
organizacional?
Questão 2: Em caso positivo, como se daria a relação existente?
4 REVISÃO DA LITERATURA
4.1 VALORES INDIVIDUAIS, VALORES ORGANIZACIONAIS ECOMPORTAMENTO ORGANIZACIONAL, ESTRUTURAS
MOTIVACIONAIS: DEFININDO O CONTÍNUO ÉTICO
ORGANIZACIONAL
Diferentes autores ressaltam a importância que estão passando a ter os valores nas
organizações. Agle e Caldwell (1999) ressaltam a importância dos valores no comportamento
organizacional e a carência de estudos dirigidos a este aspecto, McDonald (1991) , Kabanoff
(2002) indicam aimportância dos valores organizacionais na criação de compromisso de seus
funcionários na obtenção de posicionamentos mais competitivos. McDonald (1991) indica a
importância dos valores na gestão de uma organização e como estes influenciam em sua
tomada de decisões. Joyner e Paine (2002) referem-se à importância que as diferentes partes
interessadas têm atribuído ao comportamento ético dasorganizações.II SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE TRANSPARÊNCIA NOS NEGÓCIOS
Niterói, RJ, Brasil, 31 de julho, 01 e 02 de agosto de 2008
5
4.1.1 VALORES INDIVIDUAIS
Segundo Schwartz (1999) os valores referem-se a como as pessoas reagem ou se
comportam em diferentes situações da vida. Tratam-se de critérios ou metas que guiam a vida
dos indivíduos e as formas de se comportar, Agle e Caldwell (1999)indicam que os valores
são parte integral das vidas das pessoas determinando, modificando e regulando as relações
entre os indivíduos, organizações, instituições e sociedade. Para Rokeach (1968) os valores
são modos de conduta; é a crença de que certo modo de conduta e melhor do que outro. Um
valor é um padrão de comportamento, que serve para vários propósitos na vida humana. Com
base em suaestrutura valorativa os indivíduos agem, avaliam e fazem juízo de ações e
atitudes.
Schwartz (1999) indica que os valores são formas utilizadas pelos diferentes atores
sociais (líderes organizacionais, políticos, pessoas comuns) para se comportar, para avaliar o
comportamento dos outros, bem como para explicar e julgar o comportamento destes outros.
Para Schwartz e Bilsky (1987), Tamayoet al (2000) e (OLIVEIRA;TAMAYO,
2004) os valores são representações cognitivas de três tipos de necessidades humanas
universais:
Necessidades biológicas do organismo;
Necessidade de interação social para a regulação das relações interpessoais, e;
Necessidades sócio-institucionais, que visam o bem-estar e sobrevivência do grupo.
Assim para poder dar conta da realidade, os indivíduostêm que reconhecer essas
necessidades e planejar, criar ou aprender respostas apropriadas para a sua satisfação. Essa
satisfação, porém, deve acontecer por meio de formas aceitáveis para o resto do grupo. Desta
forma, surgem os valores que são princípios e metas que norteiam o comportamento do
indivíduo.
4.1.2 VALORES ORGANIZACIONAIS E COMPORTAMENTO
ORGANIZACIONAL
Segundo Rokeach(1968), Oliveira & Tamayo (OLIVEIRA;TAMAYO, 2004) a
definição de valores individuais pode ser utilizada para definir os valores organizacionais. No
âmbito deste artigo utilizar-se-á a definição de valores de Rokeach para definir os valores
organizacionais como os que norteiam o comportamento dos indivíduos de uma organização
(shared values ou valores compartilhados). Paarlberg (2007)...
tracking img