Comunidae, cidadania e minorias

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 45 (11042 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
INSTITUTO CENECISTA FAYAL DE ENSINO SUPERIOR – IFES

CURSO: ADMINISTRAÇÃO
DISCIPLINA: SOCIOLOGIA
PROFESSOR(A): CARLOS ROBERTO NASCIMENTO


1° GRUPO:
COMUNIDAE, CIDADANIA E MINORIAS
1.0 Comunidade
Permite vínculos mais significativos entre as pessoas, proporcionando maior sentimento de solidariedade, e se estabelece pela associação entre seus membros.
Definimos comunidade através dealgumas características como:
• Nitidez: É o limite territorial claro da comunidade, ou seja, onde ela começa e onde ela acaba.
• Pequenez: A comunidade é, em si a unidade de observação pessoal ou, então, sendo um pouco maior, porém homogênea, proporciona uma unidade de observação pessoal plenamente representativa do todo.
• Homogeneidade: As atividades e o estado de espírito são muitosemelhantes para todas as pessoas de sexo e idade correspondentes; o curso de uma geração é semelhante ao da precedente.
• Auto-suficiência: É o que proporciona todas ou a maioria das atividades que atendem às necessidades de seus membros.

Quando falamos de comunidade humana estamos falando num tipo de sociedade, existem dois tipos: Sociedade comunitária, Sociedade societária.
•SOCIEDADE COMUNITÁRIA; É tipicamente pequena, com divisão simples do trabalho.
• SOCIEDADE SOCIETÁRIA: Ela se caracteriza pela grande divisão do trabalho e pela proliferação de papeis sociais.

Cultura do individualismo

Hoje em dia é normal vermos pessoas morando sozinhas, como uma opção de vida, procurando uma liberdade que acaba sendo um fator muito atraente com certas vantagens edesvantagens. Alguns estudiosos acreditam que tanto individualismo leva a crer que possa ser prejuízo estar com outra pessoa. A tendência é só crescer, a solidariedade humana já não é mais a mesma, as pessoas vem favorecendo muito a satisfação individualista, já não se apegam tanto pelo emocional. No Brasil 4milhões de brasileiros reinam sozinhos em seus domicílios.


2.0 CIDADANIA

Acidadania é exercida por cidadãos. Cidadão é um individuo que tem consciência de seus direitos e deveres e participa ativamente de todas as questões da sociedade.
Um cidadão com sentimento ético e consciência forte da cidadania não deixa passar nada, não abre mão desse poder de participação. A idéia de cidadania ativa é ser alguém que cobra, propõe e pressiona o tempo todo. O cidadão precisa terconsciência do seu poder.
Para o educador brasileiro Dermeval Saviani ser cidadão significa ser sujeito de direitos e deveres: “Cidadão é, pois, aquele que está capacitado a participar da vida da cidade e, extensivamente, da vida da sociedade”.
Como termo político, cidadania significa compromisso ativo, responsabilidade, fazer a diferença na sua comunidade, na sua sociedade, no seupaís.
Cidadania é o direito de ter uma idéia e poder expressá-la. É poder votar em quem quiser sem constrangimento. É processar um médico que comenta um erro. É devolver um produto estragado e receber o dinheiro de volta. É o direito de ser negro sem ser discriminado, de praticar uma religião sem ser perseguido.
A cidadania está diretamente vinculada aos direitos humanos, uma longa epenosa conquista da humanidade, que teve seu reconhecimento formal com a Declaração Universal dos Direitos do Homem, aprovada em 1948 pela Organização das Nações Unidas (ONU), as quais não são respeitadas na realidade atual.


- Todos os homens nascem livres e iguais em dignidade e direitos.
- Ninguém será arbitrariamente preso, detido ou exilado.
- Todo homem que trabalha temdireito a uma remuneração justa.
- Todo homem tem direito a alimentação, vestuário, habilitação e cuidados médicos.
- Todo homem tem direito à vida, à liberdade e segurança pessoal.
- Todo homem tem direito ao trabalho e a livre escolha de emprego.
- Todo homem tem direito à segurança social.
- Todo homem tem direito de tomar parte do governo de seu país....
tracking img