Comunicacao cuidados paliativos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3344 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
03-03-2010

O Apoio à Família em Cuidados Paliativos
PROF: PATRÍCIA COELHO

Ferramentas dos Cuidados Paliativos 1. Comunicação 2. Continuidade dos cuidados 3. Competência 4. Trabalho de Equipa 5. Respeito pelos aspectos Éticos 6. Demonstrar e disponibilizar “Tempo” 7. Apoiar a Família / Cuidadores 8. Estabelecer uma relação de confiança

“A comunicação é uma ferramenta terapêuticaessencial que dá acesso ao principio da autonomia, do consentimento informado, da confiança mútua, à segurança e à informação que o paciente necessita para ser ajudado a ajudar-se a si mesmo”

“Comunicar eficazmente no contexto de Cuidados Paliativos é simultaneamente importante e difícil, e constitui um desafio, porque implica a utilização e desenvolvimento de perícias básicas essenciais à comunicaçãoentre o técnico de saúde, a pessoa doente e a família.”
GasK, 2000

Sociedade Espanhola de Cuidados Paliativos - SECPAL

COMUNICAÇÃO

Necessidades dos doentes • Sentirem-se: » Compreendidos » Esclarecidos » Apoiados » Não rejeitados ou abandonados

Processo complexo de partilha de: • Informação • Emoções • Atitudes

1

03-03-2010

Tarefas essenciais de comunicação: • Captar osproblemas do doente • Captar a percepção dos doentes, do seu problema • Transmissão de diagnóstico • Explorar aspectos relacionados com prognóstico • Captar o impacto da doença na Pessoa e sua Família • Adequar a informação ao que a pessoa quer saber • Verificar a compreensão do que foi transmitido

Objectivos da comunicação • Redução da incerteza • Melhoria do relacionamento • Definição de umadirecção para o doente e família

Continuação… • Captar as principais preocupações do doente • Determinar o desejo de participação no processo de tomada de decisão • Discutir opções de tratamento • Maximizar a adesão ao tratamento • Minimizar a angústia

“Em pacientes com doença terminal o sofrimento causado por uma comunicação deficiente acerca da doença é maior que o sofrimento gerado porqualquer outro problema, com excepção da dor nãoaliviada” (A.Stedeford) “Comunicação deficiente diminui a compreensão das opções de cuidados em fim de vida” (Silveira,2000)

Dificuldades de comunicação em saúde: – Os profissionais comunicam de forma inflexível – Tendem a ignorar o que o doente quer saber – Não fazem a clarificação do que foi dito – Não verificam o quanto o doente quer participar noprocesso de tomada de decisão – Nem sempre são claros de forma a permitir que o doente faça as suas escolhas de uma forma esclarecida

Comunicação Não-Verbal 2/3 Linguagem corporal Expressão facial Contacto visual Postura e movimentos Contacto físico e toque

2

03-03-2010

Linguagem Não-Verbal Quanto maior a componente emocional das interacções maior a atenção dada à componente não verbaldas mesmas » No primeiro encontro e/ou consulta » Quando é necessário dar uma resposta às emoções do doente

Competências básicas • Escuta activa • Compreensão empática • Feedback

Escuta activa Ouvir, descodificar, interpretar e responder Apreender o contexto do processo Criar contexto físico e emocional Feedback “Nunca sei exactamente o que disse antes de ouvir a resposta ao que disse”(Wiener)

Os doentes e a informação que pretendem... Exigência de saber diagnóstico Pedido de diagnóstico ou não querem ser informados Necessidade de explicação próxima da verdade Desinteresse absoluto pelo diagnóstico

- avaliação da eficácia da comunicação - perceber intenções do receptor

Estratégias…

Escutar Evitar distancia emocional Respeitar silêncios Reconhecer o doente como pessoaRespeitar o direito de não querer saber ou falar sobre a doença Não “adivinhar e assumir” os sentimentos e necessidades do doente Não mentir Manter uma esperança realista

Duas pessoas com o mesmo diagnostico são sempre diferentes A adaptação ao doente e à situação é fundamental e única O doente é irrepetível, com um passado a explorar e valorizar Comunicar com um doente com doença avançada...
tracking img