Comunicação

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3016 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de abril de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
|[pic] |SOCIEDADE DE ENSINO SUPERIOR AMADEUS |
| |FACULDADE AMADEUS. |

PLANO DE NEGÓCIOS – FAÇA VOCÊ MESMO

DEFINIÇÃO:

O plano de negócio é um documentoescrito que tem o objetivo de estruturar as principais idéias e opções que o empreendedor analisará para decidir quanto à viabilidade da empresa a ser criada. Também é utilizado para a solicitação de empréstimos e financiamento junto a instituições financeiras, bem como para expansão de sua empresa.

NUMA VISÃO MAIS AMPLIADA, O PLANO DE NEGÓCIO TEM AS SEGUINTES FUNÇÕES:

□ Avaliar o novoempreendimento do ponto de vista mercadológico, técnico, financeiro, jurídico e organizacional;

□ Avaliar a evolução do empreendimento ao longo de sua implantação: para cada um dos aspectos definidos no plano de negócio, o empreendedor poderá comparar o previsto com o realizado;

□ Facilitar, ao empreendedor, a obtenção de capital de terceiros quando o seu capital próprio não é suficientepara cobrir os investimentos iniciais.

ANÁLISE DE RISCOS:

O conhecimento de alguns aspectos da vida das empresas deve permitir a avaliação do grau de atratividade do empreendimento, subsidiando a decisão do futuro empresário na escolha do negócio que pretende desenvolver. Basicamente, os riscos do negócio referem-se a:

Sazonalidade:
Se caracteriza pelo aumento ou redução significativosda demanda pelo produto em determinada época do ano. Os negócios com maior sazonalidade são perigosos e oferecem riscos que obrigam os empreendedores a manobras precisas. Quando em alto grau, e considerada fator negativo na avaliação do negócio.

Efeitos da Economia:
A análise da situação econômica é questão importante para a avaliação da oportunidade de negócio, já que alguns deles sãogravemente afetados, por exemplo, por economias em recessão.

Controles Governamentais:
Setores submetidos a rigorosos controles do governo, nos quais as regras podem mudar com freqüência, oferecem grande grau de risco e são pouco atraentes para pequenos investidores.

Existência de Monopólios:
Alguns empreendimentos podem enfrentar problemas por atuar em áreas em que haja monopólios formados pormegaorganizações, que dominam o mercado, definindo as regras do jogo comercial. No Brasil, a comercialização de pneus, produtos químicos em geral e tintas são exemplos típicos de segmentos fortemente monopolizados.

Setores em estagnação ou retração:
Nestes setores, há uma procura menor que a oferta de bens/serviços, o que torna a disputa mais acirrada. Nas épocas de expansão e prosperidade denegócios, ao contrário, novos consumidores entram no mercado, promovendo a abertura de novas empresas.

Barreiras à entrada de empresas:
Referem-se a obstáculos relacionados com: exigência de muito capital para o investimento; alto e complexo conhecimento técnico; Dificuldades para obtenção de matéria-prima; Exigência de licenças especiais; Existência de contratos, patentes e marcas quedificultam a legalização da empresa; Outros.

O QUE É PRECISO SABER:

1 - CONHECER O RAMO DE ATIVIDADE:
É preciso conhecer alguns dados elementares sobre o ramo em que pretende atuar, possibilidades de atuação dentro do segmento (ex. confecção é o ramo; pode-se atuar com jeans, malha, linho...para público infantil, adulto, feminino...).

2 - CONHECER O MERCADO CONSUMIDOR:
O estudo do mercadoconsumidor é um dado importante para o empreendimento, pois abrange as informações necessárias à identificação dos prováveis compradores. O que produzir, de que, forma vender, qual o local adequado para a venda, qual a demanda potencial para o produto. Essas são algumas indagações que podem ter respostas mais adequadas quando se conhece o mercado consumidor.

3 - CONHECER O MERCADO FORNECEDOR:
Para...
tracking img