Compreender o papel da escola e do educador para a realização de uma sociedade mais justa.

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1279 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]


SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO
PEDAGOGIA














trabalho interdisciplinar INDIVIDUAL
TÍTULO: COMPREENDER O PAPEL DA ESCOLA E DO EDUCADOR PARA A REALIZAÇÃO DE UMA SOCIEDADE MAIS JUSTA.


















ITU/SP

Cidade
2012
















trabalho interdisciplinar INDIVIDUAL
TÍTULO: COMPREENDER O PAPEL DAESCOLA E DO EDUCADOR PARA A REALIZAÇÃO DE UMA SOCIEDADE MAIS JUSTA.










Trabalho apresentado ao Curso de Pedagogia da UNOPAR - Universidade Norte do Paraná, para as disciplinas de Sociologia da Educação, Psicologia da Educação I, Processo Educativo no Contexto Histórico e Teoria Geral do Conhecimento.
Profs.Bernadete Strang, Carlos Eduardo de Souza Gonçalves, Marcia Bastos e Okçana Batini.
Tutora eletrônica: Claudia Veque Irias
Tutor(a) de sala:








ITU/SP

Cidade
2012



Introdução


O objetivo deste trabalho é debater sobre como a escola deveria trabalhar as mudanças existentes na sociedade na prática do cotidianoescolar ( nas salas de aulas, nas diferentes disciplinas, em atividades extra sala, nos diversos espaços da escola, etc... ), como o professor pode trabalhar para a formação do sujeito ético politico em nossa sociedade e o que a sociedade e o estado podem fazer definitivamente para valorizar o trabalho do professor.

O trabalho visa entender melhor o vídeo: Campanha pela valorização do professor e acharge 1969 2009; já que tantos fatores levaram e diferem dos professores a escola e a família do passado até os dias atuais.

Como um dos pontos principais deste trabalho pretende destacar a importância da educação familiar vinda de berço. “Uma criança que aprende o respeito e a honra dentro de casa e recebe o exemplo vindo de seus pais, torna-se um adulto comprometido em todos os aspectos.”Desenvolvimento

A diferença da educação de hoje e a de antigamente.


Os pais de antigamente exerciam ao máximo sua autoridade sobre seus filhos. Eram autoritários e reprimiam todos os desejos. Os pais de hoje se acovardam muitas das vezes diante do poder crescente dos seus filhos. Os pais se desobrigaram de “educar” osfilhos e a escola perdeu o seu foco de trabalho de ser eminentemente “ensinante”.
A convivência familiar é a maior oportunidade para a criança aprender uma formação baseada nos princípios morais e nas virtudes. Quando a família tem bons princípios de educação, usando em cotidiano formas educadas de lidar uns com os outros, falando em um tom de voz tranquilo e baixo, usando as palavras que traduzemeducação e delicadeza, como dar um bom dia e um boa noite, pedir por favor, agradecer com um muito obrigado, pedindo licença, dentre varias outras, as crianças absorve esses conceitos e os levam para toda a vida. E principalmente dentro das escola parece que as crianças de hoje perderam o conceito obediência, que as vezes é preciso os educadores gritarem para ter um pouco de atenção. E é por issoque é bom lembrar que aquilo que se aprende na infância fica por toda vida e o que não se aprende quando pequeno fica muito mais difícil de ser aprendido depois.
E na maioria das vezes que um educador se encontra com os pais de seus alunos a maior parte de sua reunião para com eles é justamente a maneira grosseira mal educada e muitas das vezes agressiva que as crianças de hoje comportamdentro de uma sala de aula. Enfim, mudou-se muito a estrutura familiar que muitas das vezes ficou a mercês dos avôs criando filhos-netos, pais separados e não participantes; mudaram as politicas públicas de incentivo à família e ao aluno, que permanece na escola, mudaram os alunos e é importante entender essas mudanças pois assim compreende-se melhor a escola de hoje e um fator negativo nota-se a...
tracking img