Composto de marketing - pinacoteca benedicto calixto

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 16 (3765 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO
Quando falamos em serviço, temos algumas características que os diferenciam de um produto em si. Serviços são intangíveis, variáveis, inseparáveis e perecíveis. Quando tratamos de um serviço público e sem fins lucrativos, este será ainda mais diferenciado dos demais. Apresentaremos neste trabalho a Fundação Benedicto Calixto,

localizada na cidade de Santos-SP e como são trabalhadosos seus 4p’s de Marketing, além de mostrar estratégias que podem ser utilizadas para melhorar o serviço já oferecido.

4

HISTÓRICO DA PINACOTECA BENEDICTO CALIXTO O Casarão Branco
O chamado Casarão Branco, sede da Fundação Pinacoteca Benedicto Calixto, construído no inicio do século, é um dos mais significativos conjuntos arquitetônicos da cidade de Santos. Localizado na orla da praia ecercado por edifícios residenciais, simboliza um registro vivo de um período da história santista e marco da memória do litoral paulista. Construído pelo alemão C. A. Dick para residência, o imóvel teve como proprietários Francisco da Costa Pires, depois o Asilo de Inválidos e novamente, em 1921, a família Pires, que executou ampla e requintada reforma no casarão, dando-lhe as característicasatualmente preservadas. Em 1936, a Companhia Sul América de Capitalização adquire o imóvel, sendo vendido posteriormente para Antonio Canero. Na década de 70, os herdeiros, em razão da grande valorização da região, resolvem se desfazer da propriedade, que provavelmente seria demolida para a construção de um novo edifício. Para evitar a perda de significativo patrimônio histórico, a Prefeitura Municipal,em 1979, declara-o de utilidade pública para fins de desapropriação. Discordâncias em relação ao valor da desapropriação fazem com que os proprietários abandonem o imóvel e permitam que seja transformado em um cortiço e praticamente destruído. Um crescente movimento pela recuperação do imóvel provoca uma ação mais enérgica da Prefeitura Municipal e a partir de 1986 iniciam-se as reformas erestauros, permitindo que em 1992 a Fundação Pinacoteca Benedicto Calixto ali se instalasse definitivamente. É de se louvar nesta oportunidade, o papel desempenhado pelo Prefeito Municipal Oswaldo Justo (1984/1988), que efetuou o pagamento do imóvel aos herdeiros, propiciou os meios para a criação da Fundação Pinacoteca Benedicto Calixto e a ela entregou o imóvel, alem de iniciar as obras de restauraçãoe reformas. Louve-se também, o trabalho desenvolvido pelo empresário Darcy Barros, primeiro Presidente da Fundação, que mercê de seu dinamismo e força de vontade, encaminhou os primeiros passos da Fundação, captando recursos e materiais, dando-lhe a forma, princípios e objetivos, que norteiam até hoje a referida entidade.

5

Benedicto Calixto
Nascido em 14 de outubro de 1853 na cidade deItanhaém, litoral sul do Estado de São Paulo, Benedicto Calixto realizou uma imensa obra, ainda não catalogada, através do patrocínio de instituições oficiais, da igreja e pela encomenda de particulares. Sua primeira exposição aconteceu em São Paulo, em 1881, no Salão Nobre do jornal Correio Paulistano, com boa aceitação da critica. Neste mesmo ano fixa residência em Santos, onde ganha notoriedadeao executar as pinturas do teto do Teatro Guarani. Calixto recebe o convite, através do Visconde de Vergueiro, para realizar estudos na França. Em janeiro de 1883, partiu para Paris onde permaneceria por mais de um ano freqüentando o atelier de Jean François Raffaelli e posteriormente a Academia Julien. Retornando ao Brasil, reside em Santos, posteriormente na Capital (realizando váriasexposições) e em 1894 volta ao litoral, para a cidade de São Vicente, de onde não mais se afastaria até sua morte em 31 de maio de 1927. Mesmo com uma produção artística frenética, Benedicto Calixto dedicou-se também ao ensino da pintura e aos estudos históricos. Para a pesquisadora Maria Alice Milliet de Oliveira, "as pinturas de Calixto são testemunhos de um momento de transição - passagem do século XIX...
tracking img