Compostagem

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1275 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO
CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM GESTAO AMBIENTAL

SIMONE SANTOS DA SILVA






REALIDADE LOCAL RELACIONADA À QUESTÃO E GESTAO AMBIENTAL
COMPOSTAGEM NO MUNICÍPIO DE MUCURI











Mucuri
2011

SIMONE SANTOS DA SILVA









COMPOSTAGEM NO MUNICIPIO DE MUCURI






Trabalho apresentado ao Curso Gestão Ambientalda UNOPAR - Universidade Norte do Paraná, para as disciplinas Introdução à Gestão Ambiental; Ecologia Aplicada e Gestão da Biodiversidade; Química Ambiental; Geologia Ambiental; Geologia e Geomorfologia Ambiental.

Profs. Cristina Célia Krawulski; William Luiz da Cunha; Kênia Zanetti; Ewerton de Oliveira Pires





Mucuri
2011

























SUMÁRIOINTRODUÇAO 3

DESENVOLVIMENTO 4

CONCLUSAO 7

BIBLIOGRAFIA 8
















3
Introdução

O presente trabalho visa conhecer se no município de Mucuri existe um trabalho voltado a compostagem de resíduos orgânicos, tema importante para garantir um destino viável para o nosso lixo, causando enfim a diminuição do depósito dos resíduos emlixões, também a diminuição da contaminação do solo e do ar que respiramos, além de utilizar um composto ecologicamente correto para adubar nosso solo.




















4

Compostagem no Município de Mucuri

Primeiramente vamos entender o que é compostagem que nada mais é que um processo natural de decomposição de resíduos orgânicos é a forma mais prática de eliminarmuitos dos problemas ocasionados pelos resíduos sólidos urbanos, proporcionando um destino útil ao lixo urbano e também fazendo a diminuição de fertilizantes usados principalmente na agricultura.
Em visita à Secretaria do Meio Ambiente, conversando com o biólogo Marcos Moraes dos Santos não há nenhum trabalho de compostagem no município de Mucuri-BA. Mas analisando a estrutura do município há sim apossibilidade de se implantar a compostagem municipal, mas primeiramente deve-se criar e implantar um projeto de coleta seletiva, criando uma estação de tratamento dos resíduos orgânicos que ainda não há nenhum projeto em vigor, para posteriormente implantar a compostagem municipal. Todo esse material que seria gerado poderia sim ser totalmente aproveitado no município, pois há uma vasta demanda depequenos agricultores que ainda não faz a compostagem domestica. A finalidade do composto gerado será em sua maioria utilizada na agricultura e em hortas domesticas, pois há bastantes trabalhadores autônomos que cultivam hortas para vendas para sustento da família, outra parte seria utilizada pelo próprio município nas praças e urbanizações. A principal vantagem do uso da compostagem será adiminuição de compostos químicos, os agrotóxicos utilizados, evitarem as superlotações dos lixões, enriquecer o solo com nutrientes naturais.
Vale lembrar que a compostagem não é só a nível municipal, podemos fazer também a compostagem doméstica que é fácil, pratico e rápido, ela é mais utilizada em zonas rurais, ou em moradias que cultivam hortas. Se tiver um quintal basta amontoar o material acompostar, dando-lhe a forma de uma pilha/pirâmide, com aproximadamente 2 m de diâmetro na base e pelo menos um metro de altura. Pilhas com dimensões mais reduzidas não aquecem o suficiente para que o processo de decomposição ocorra de forma adequada.
Os materiais orgânicos que podem ser compostados classificam-se de uma forma simplificada em castanhos e verdes; os castanhos são aqueles que contêmmaior proporção de carbono, como palha, serradura e relva seca e os verdes são os que têm maior proporção de azoto, como restos de cozinha e relva fresca. Para que a compostagem decorra da melhor forma, convém ter a maior diversidade de resíduos possível, numa proporção aproximadamente igual de castanhos e verdes. Alguns dos materiais que podem ser compostados do grupo dos verdes são: cascas de...
tracking img