Comportamento ingestivo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1311 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Comportamento ingestivo

O comportamento ingestivo é um estudo desenvolvido para analisar as diferentes freqüências dos animais, sendo que esta atividade pode ser realizadas tanto em monogástricos quanto em ruminantes,pode-se notar que em ruminantes esse estudo tem que ter um cuidado maior pois, os fatores analisados são bem mais que nos outros animais devido ao processo de ruminação.Ositens observados são portanto,freqüência na alimentação, ócio, ruminação (em ruminantes) e outras atividades que estão relacionadas com o tipo de dieta e que podem afetar no consumo dos animais.
Os estudos sobre comportamento ingestivo variam de acordo com a espécie a ser estudada, com o tipo de alimento ofertado (os animais incluindo ruminantes, procuram ajustar se consumo alimentar àssuas necessidades nutricionais,especialmente energia) e principalmente o ambiente onde o animal está.No caso de estudos com Bezerros Holandeses alimentados com diferentes níveis de concentrado na sua dieta, levou-se em consideração o tempo que os bovinos levam a campo que é de 4 a 12 horas se alimentando por dia, já animais estabulados, os períodos variam de 1 hora (se forem alimentos ricos emenergia) a 6 horas (se a fonte tiver baixo teor de energia).
WE LCH (1982) afirmou que o aumento no fornecimento de fibra indigestível não incrementa a ruminação a mais de 8 ou 9 h/dia, sendo a eficácia de ruminação importante no controle da utilização de volumosos; assim, um animal que rumina mais volumoso durante esse período de tempo pode consumir mais e ser maisprodutivo.

De acordo com THIAGO ET AL.(1992),o consumo de alimento de um ruminante, em um determinado período de tempo, depende do número de refeições nesse período e da duração e taxa de alimentação de cada refeição.Para dietas volumosas, a mastigação aumenta a degradação ruminal, por elevar a matéria seca e as frações de fibra potencialmente digerível e reduzir o tempo de latência dedegradação da fibra. Para dietas de cereais, sabe-se que, quando grãos inteiros não são influenciados na mastigação, a digestão é limitada, e, conseqüentemente, requerem processamento.

O tempo de ruminação é influenciado pela natureza da dieta e parece ser proporcional ao teor de parede celular dos volumosos. Alguns alimentos podem diminuir o tempo de ruminação entre eles: fenos triturados oupeletizados, já volumosos com alto teor de parede celular tendem a aumentar o tempo de ruminação.

Nessa situação o tempo de observação foi de observação visual dos animais a cada cinco minutos, por quatro períodos integrais de 24 horas, onde calculou-se a média de mastigações, ócio e outras características, sendo que os blocos de tratamentos possuíam os níveis de 30, 45, 60,75 e 90% deconcentrado e quatro repetições.

As conclusões desse experimento foram que, o tempo despendido em alimentação e ruminação diminuiu e o tempo de ócio aumentou, linearmente, com o aumento do nível de concentrado nas dietas. A eficiência de ruminação, em g MS/h, da dieta completa, aumentou linearmente e, quando expressa na fração de volumoso da dieta, diminuiu linearmente com o nível deconcentrado.
O aumento do nível de concentrado nas dietas não influenciou o número de refeições diárias, mas diminuiu linearmente o tempo despendido por refeição.

Em outro estudo realizado com ovinos, avaliando também a diferença nas dietas dos animais dessa vez relativo à porcentagem de FDN ( 25%,31%,37% e 43%),as dietas eram fornecidas duas vezes ao dia, à 08:00 e às 16:00. O comportamentoingestivo foi observado da mesma forma que nos bovinos com intervalos de 5 minutos para se determinar o tempo despedido em alimentação, ruminação e ócio. Observou-se o aumento de fibra na dieta não interferiu muito nas atividades realizadas pelos animais, mas notou-se que os ovinos confinados possuem hábito de alimentação predominantemente diurno e de ruminação noturno. Os animais criados em...
tracking img