Comportamento do professor em sala de aula

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1063 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Comportamento do professor em sala de aula

Um professor profissional deve saber que cada criança tem um comportamento diferenciado umas das outras, embora temos que observar problemas de cada um, mostrando capacidade e respeito por aquele ser indefeso, e jamais ignora-lo. Temos que ter equilíbrio em sala de aula, mostrando confiança e domínio em sua sala. Hoje a maioria dos profissionais nãoestá tendo capacitação e interesse por sua profissão. Mostrando desinteresse e desanimo por aquilo que faz.
O pedagogo é o profissional especialista em educação, sua função é produzir e difundir conhecimentos no campo educacional. Ele precisa ser capaz de atuar em diversas áreas educativas e compreender a educação como um fenômeno cultural, social e psíquico complexo e capaz de produzir e difundirconhecimentos nas escolas. É preciso ter capacidade de planejamento e execução de planos, dinamismo, além de saber comunicar e transmitir ideias. Este profissional precisa estar preparado para enfrentar, com criatividade e competência, os problemas do cotidiano, ser flexível, tolerante e atento às questões decorrentes da diversidade cultural que caracteriza nossa sociedade.
Alguns pais tapamseus olhos para a realidade e, passam a culpar os professores e a qualidade de ensino das escolas por causa do mau aprendizado dos filhos. Porém, para esses pais vale a pena dizer que muitas vezes a negligência não está no professor que dá aulas ao seu filho, mas na própria criança ou adolescente. Muitos professores são pacientes ate demais, ajudam, ouvem, ensinam, fazem seu trabalho com muitaqualidade mesmo, mas são desvalorizados quando um aluno aparece em casa com uma nota abaixo da média. Antes de culpar o professor é importante avaliar, e essa avaliação pode ser feita por ver o conteúdo das aulas? Se os pais podem assistir uma aula um dia? Claro que sim, a escola está de portas abertas para a participação da comunidade e da família, basta você tirar tempo. Após a aula, verá se oproblema está no professor, ou se é o seu filho que está tendo alguma dificuldade em aprender que ele mesmo causou. Siga as dicas e, antes de avaliar mal um professor, procure saber como ele é em sala de aula, bem como seu filho. No novo século que se inicia, constata-se a vivência de uma crise que atinge todos os segmentos sociais. A qualidade no ensino tem ocupado, nos últimos anos, um lugar dedestaque seja no discurso de agentes da educação, como na agenda de políticos, sendo o bom relacionamento professor/aluno um dos principais elementos discutidos garantia da  qualidade, sobretudo dos ensinos fundamental e médio, mas também do superior.
No decorrer da vida profissional, o professor verifica que o relacionamento entre ele e o aluno mostra-se um fator primordial no desenvolvimento doprocesso ensino-aprendizagem, com destaque para a questão da disciplina em sala de aula. Por outro lado, professor e aluno parecem divorciados: o professor sente dificuldade em estar se relacionando com os alunos de forma aberta e conveniente; alguns são autoritários e tradicionais, desejam que os alunos sejam disciplinados, seguindo um currículo pré-estabelecido. Conforme a prática pedagógicaautoritária acaba gerando situações de conflito, prejudicando o relacionamento de professor e aluno. O primeiro faz da sala de aula um local onde tudo é estabelecido por ele e pelas normas da instituição, acatadas passiva e comodamente, vendo o aluno como um receptor de conhecimentos; neste caso não há espaço para discussão, nem momento para esclarecimento de dúvidas.
Para Freitas (1998), “a professora secomporta como se fosse a proprietária da sala de aula, bem como de tudo que está ali dentro: mesa, quadro, giz e, inclusive, os alunos. É por isso que ela se sente no pleno direito de manipulá-los conforme sua vontade”.(p.74).

Deveria haver um equilíbrio das duas partes: o aluno respeitando o professor como autoridade em sala de aula e, o professor respeitando o aluno como ser humano em...
tracking img