Complicações de fratura

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3747 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Complicações das fraturas
CONCEITO
                       São alterações ocorridas em lesões traumáticas do complexo fraturário que retardam ou interrompem a evolução natural de cicatrização dos tecidos lesados causando assim complicações de um traumatismo músculo-esquelético podem pôr em risco a vida ou o membro, dependendo da gravidade da lesão local e da natureza da resposta sistêmicaresultante. Até mesmo uma fratura “simples” da diáfise femoral pode desencadear uma cascata de eventos ameaçadores à vida que culminam em insuficiência multissistêmica, mostrando que raramente ocorre uma fratura verdadeiramente “isolada” em um osso longo de extremidade.
TIPOS DE COMPLICAÇÕES
a)      Imediatas: Choque,Lesões arteriais, Lesões neurovasculares, Gangrena e Contratura de Volkmann.
b)     Tardias: Retardo de Consolidação, Rigidez articular, Consolidação viciosa, Osteomielite,Artrite Séptica.
IMEDIATAS ( CHOQUE)
                                    Dentre os vários tipos de choques o que no momento interessa para o nosso estudo é o choque hipovolêmico.
                             É definido como um estado clínico no qual existe má perfusão dos tecidos com resultante hipóxiatecidual que ameaça danificar os órgãos vitais. SIMEONE, 1964, afirmou que “o choque é uma condição clínica na qual, em virtude de um volume sanguíneo circulante efetivo insuficiente, ou em virtude da partição anormal do débito cardíaco, o fluxo sanguíneo capilar nos tecidos vitais ou em todos os tecidos é reduzido a níveis abaixo das necessidades mínimas para que haja metabolismo oxidativo”. Em1872, GROSS definiu o choque como “ uma manifestação de desarticulação radical da maquinaria da vida”. WIGGERS, (1942) caracterizou o choque como “um estado de baixo débito cardíaco com diminuição na resistência periférica total”.
Entretanto, por de pesquisa mais recentes mostraram que um baixo débito cardíaco nem sempre está presente, e que o padrão hemodinâmico está diretamente relacionado com aetiologia do choque.
O choque é uma condição clínica e por causa de um insuficiência do volume sanguíneo circulatório ou devido uma anormal queda do rendimento cardíaco, o fluxo capilar sanguíneo encontra-se diminuído nos órgãos vitais ( cérebro, rins, fígado etc), abaixo dos níveis mínimos necessários para o metabolismo oxidativo normal dos tecidos. O denominador comum de todos os tipos de choqueé a insuficiência de O2 ( nível baixo).
O choque se manifesta quando se tem perda de 30% do volume sanguíneo circulante normal, aproximadamente 1 ½ litro. Com perda de 25% está compensado, de modo que é diferente choque latente e manifesto. Basta a perda de sangue foco fraturário de um fêmur ou de uma pelve para manifestar choque.
Clinicamente quando há presente 4 sinais: pulso freqüência maiorde 100, pressão arterial a máxima menor de 100, fácies pálida ou cianótica, pele das mãos frias, estado psíquico alterado, náuseas, vômitos e morte.
  Classificação: segundo( BLALOCK, 1934).
1)        Hematogênico – (oligoemia)
2)        Neurogênico – causado principalmente por influências nervosas
3)        Vasogênico – inicialmente resistência vascular diminuída e capacidade vascularaumentada
4)        cardiogênico - devido a insuficiência do coração como uma bomba ou a débito cardíaco diminuído por várias causas.
                         CONDUTA
1-     reposição do volume circulante perdido
2-     Veia calibrosa ( deve ser dissecada e introduzir cateter para se fazer a reposição).
a)- transfusão sanguínea
b)- expansores plasmáticos
c)- soro glicosado 5% ou soro fisiológicod)- solução de Ringer lactato
3 – Aspiração das secreções desobstruindo as vias aéreas superiores oxigenioterapia
4 – Antibioticoterapia
5 – Uso de corticóide
6 – Medida da PVC pressão venosa central normal 8-12 mmHg.
 
SÍNDROME DE EMBOLIA GORDUROSA ( fig. 1)
                                                   Sua incidência maior em pacientes obesos, politraumatizados e principalmente...
tracking img