Compartimentos liquidos corporais

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1388 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Compartimentos dos
líquidos corporais
Faculdade Assis Gurgacz
Curso de Medicina - Disciplina de Fisiologia
Prof. Jeferson Freitas Toregeani

Líquidos Corporais
Necessidade de volume constante
Composição estável
Entrada e saída de líquidos e solutos
Equilibrada

Ganho de água
Ingestão:
líquidos e alimentos
2100ml/dia

Produção endógena
Metabolismo dos carboidratos
300ml/dia

1 Perda de água na pele
Insensível:
Difusão na pele: 300 a 400ml/dia
Evaporação árvore respiratória: 300 a
400ml/dia

Camada córnea da pele:
Impede perda excessiva
Ex: queimadura: pode perder até 5000ml/dia

Perda de água pela urina
Responsável por manter equilíbrio hídrico
Juntamente com centro da sede e da saciedade

Volume de água na urina normal:
1500ml/dia

Desidratação:500 ml/dia

Hiperhidratação:
20000ml/dia

Ganho x Perda de água

2

Líquidos Corporais
2 grandes compartimentos
Líquido intracelular: 40%
Líquido extracelular: 20%
Líquido intravascular (Plasma): 1/4
Líquido intersticial: 3/4

Compartimentos de Líquidos Corporais

Água total
60% do peso corporal (70Kg)
42 litros
Líquido Intracelular
40% do peso corporal (70Kg)
28 litrosLíquido Extracelular
20% do peso corporal (70Kg)
14 litros
Plasma - ¼ - 3 litros
Líquido intersticial: - ¾ - 11
litros

Volume sanguíneo
7% do peso corporal
60% plasma
40% hemácias
Hematócrito:
Fração do sangue representado pelas hemácias
Homens: 40%
Mulheres: 35%

3

Composição Iônica
Plasma e Líquido Intersticial
Plasma x Líquido Intersticial
Separados por membranasemi-permeável
Mais proteínas no plasma
Passa íons e água, exceto proteínas
Maior concentração de proteínas no plasma
Cargas negativas
Líquido Intersticial x Intracelular
Separados por membrana semi-permeável
Permeável à água
Íons dependem de transporte ativo

Composição Iônica
Intra e Extracelular

Composição Não Iônica do Plasma

4

Medição dos volumes dos líquidos
Princípio da diluiçãodos líquidos

Medição dos volumes dos líquidos
Água corporal total:
Substância que se dispersa por todos os
compartimentos
Água radioativa (trítio – 3H2O)
Líquido extracelular:
Substância que se dispersa somente no plasma e
líquido intersticial
Sódio radioativo

Medição dos volumes dos líquidos
Volume intracelular:
Água corporal total – Volume extracelular
Volume plasmático:Substância que se dispersa somente no plasma
Albumina marcada com Iodo radioativo
Líquido intersticial:
Volume líquido extra-celular-Volume plasmático

5

Medição dos volumes dos líquidos
Volume sanguíneo:
Depende do hematócrito
Depende do volume plasmático
= Volume plasmático / (1-hematócrito)
Alternativa:
Substância que se fixe exclusivamente às hemácias
Cromo radioativo

Equilíbrioosmótico Intra X Extracelular
Equilíbrio entre Plasma e Interstício:
Pressão Hidrostática
Pressão Coloidosmótica
Equilíbrio entre Interstício e Intracelular:
Concentração dos eletrólitos (Na+, Cl-)
Água: passa livremente pelas membranas

Equilíbrio osmótico Intra X Extracelular
Membrana

Soluto = 4 moléculas
Água = 7 moléculas
4

Soluto = 10 moléculas
Água = 7 moléculas
10 moléculas6

MOLES X OSMÓIS
Número total de partículas em uma solução:
OSMÓIS
1 Osmol = 1 mol de partículas
1 mol = 6,02 x 1023 partículas

Moléculas que se dissociam:
NaCl

NaCl

NaCl

Na+

Cl-

NaCl

Cl-

Na+

l

l

Cl-

l

Cl-

l

Na+
l

l

Na+

l

l

Na+

l

NaCl

NaCl
NaCl

6,02 x 1023 partículas osmoticamente ativas

1 Osmol = NaCl (nãodissociado)

Na+

Cll

l

Cl-

l

Na+

l

Cl-

l

12,04 x 1023 partículas osmoticamente ativas
2 Osmoles = Na+ + CL- (NaCl dissociado)

OSMOLALIDADE X OSMOLARIDADE
OSMOLALIDADE:
OSMÓIS por Kg de água

OSMOLARIDADE:
OSMÓIS por Litro de água

OSMOLALIDADE X OSMOLARIDADE
OSMOLALIDADE:
OSMÓIS por Kg de água

OSMOLARIDADE:
OSMÓIS por Litro de água

Pressão...
tracking img