Comparativo Linux Windows

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2443 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de agosto de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
 Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais – PUC MINAS
CURSO DE ENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO




Comparativo entre SOs – Linux e Windows




Érika da Rocha Andrade Kux
Nikolas Rodrigues Thorun
Lucas Polatschek Rodrigues
Lucas Fiorini XXXX






Belo Horizonte
Abril 2013

Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais – PUC MINAS
CURSO DEENGENHARIA DE CONTROLE E AUTOMAÇÃO



Comparativo entre SOs – Linux e Windows


Autores:

Érika da Rocha Andrade Kux
Nikolas Rodrigues Thorun
Lucas Polatschek Rodrigues
Lucas Fiorini XXXX



Trabalho apresentado à disciplina de Laboratório de Informática Industrial II do curso de graduação de Engenharia de Controle e Automação da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais – PUCMINAS.



Belo Horizonte
Abril 2013

Sumário



1 – Histórico
http://pt.wikipedia.org/wiki/Hist%C3%B3ria_do_Linux
http://pt.wikipedia.org/wiki/Microsoft_Windows

2 - Gerenciamento de Processo e Memória
Gerenciamento de Processo
Um processo é um programa em execução, executado de forma sequencial e constituído de programa código, atividade corrente (contador de programa e valoresdos registradores), dados temporários (pilha de processos contendo parâmetros da subrotina, endereço de retorno e variáveis temporárias) e seção de dados (variáveis globais).
Pode possuir quatro estados:
a) Ativo: o processo está sendo executado pelo processador;
b) Pronto: o processo tem todos os recursos disponíveis para a sua execução, exceto o processador. Sendo assim, aguarda em uma filapara ser executado;
c) Em espera: o processo não possui todos os recursos disponíveis para a sua execução;
d) Suspenso: é momentaneamente afastado da concorrência pelos recursos e processador. Dentro de suspenso, pode estar suspenso em espera - quando passa do estado de espera para o de suspenso - ou suspenso pronto - quando passa do estado de pronto para o de suspenso.
Cada processo érepresentado por um PCB (Program Control Block), que é um bloco/estrutura de dados que contém as informações para controle do processo. Essas informações são: identificação do processo (PID), estado concorrente, prioridade, apontadores para memória utilizada e recursos alocados e área de salvamento de registros. Este conjunto de informações fica dentro da própria área de memória do processo.

Aalternância entre cada processo é realizada a partir do chaveamento de processos, também conhecido como troca de contexto. Como se trata de um sistema time-sharing, embora não seja perceptível ao ser humano, quando um processo está sendo executado o restante está em espera. Dessa forma, os processos devem ser chaveados de forma que todos posam utilizar a CPU por um determinado tempo (conhecido comoquantum). Dessa forma, todos os processos são executados por um determinado tempo e alternados de acordo com sua prioridade, função entre outras variáveis.
Gerenciamento de Memória
O Windows trabalha com dois tipos de memória: a princial (ou física) e a auxiliar (ou virtual).
A memória principal é, basicamente, a quantidade de RAM na máquina, ou seja, os pentes de memória em si, enquanto a memóriaauxiliar é, em termos gerais, um arquivo hospedado no HD da máquina, utilizado como uma extensão da memória principal em alguns casos especiais.
A memória física recebe tudo que o Windows considera essencial, como por exemplo o próprio sistema operacional e as aplicações do usuário que estiverem em execução. Já o que o Windows não acredita ser tão urgente porém em algum dado momento pode sernecessário ser recuperado com alta velocidade, é armazenado na memória virtual. Além disso, a memória virtual é utilizada quando toda a memória física foi esgotada, como uma extensão da mesma, embora o processo de leitura e escrita no HD em comparação ao executado na RAM seja mais lento.
É importante ressaltar que a utilização de memória é limitada por sistemas de 32 e 64 bits, de modo que de nada...