Comparativo entre Hobbes, Locke e Rousseau

Páginas: 6 (1373 palavras) Publicado: 1 de novembro de 2013
Curso: Direito - Noite - 2013.2.
Disciplina: Ética e Pensamento Filosófico.
Professora: Lídia Valesca.
Equipe: Claudio Ferreira ter Reegen e Renata Moura Frota.
Trabalho: Quadro comparativo entre os filósofos Thomas Hobbes, John Locke e Jean-Jacques Rousseau.

************************************

Homem (Thomas Hobbes): O homem não é um animal essencialmente político e sociável, masegoísta por natureza. Possui uma tendência de destinar os esforços sempre na busca incessante pelo poder, o que é explicado pelo fato de possuir um esforço direcionado à auto-preservação.
Estado de Natureza (Thomas Hobbes): Os homens viviam isolados; não associados, mas associáveis, num hipotético "estado de natureza", no qual viveriam na mais completa liberdade. Este atomismo é justificado porcaracterísticas da condição humana que levam os homens a erigir a discórdia, sendo tais características a competência, a desconfiança e a glória. Nesse estado hipotético, o homem buscaria, antes de tudo, adquirir para si, sem nenhum limite de ordem moral, tudo aquilo que fosse necessário para a sua sobrevivência. Ao agir dessa maneira, entraria inevitavelmente em oposição com a mesma tendênciapresente nos outros homens. A luta para prevalecer sobre os demais geraria uma "guerra de todos contra todos" ("bellum omnium contra omnes"), na qual, de acordo com o ditado de Plauto, o homem se tornaria um lobo do próprio homem ("homo homini lupus").
Contrato Social (Thomas Hobbes): Propelidos por leis naturais, os indivíduos reúnem-se para efetuar um acordo permanente, em que é pactuada atransferência do poder de cada um sobre tudo a outra pessoa, que passará a ser o soberano (pode ser um único indivíduo ou uma assembléia), instituindo um estado civil e, ao mesmo tempo, a sociedade. Destarte, o estado de natureza hobbesiano é a-social e anti-político. Segundo Hobbes, o poder estatal é mais efetivo se for absoluto e unitário; ou seja, todos os poderes, inclusive o religioso, devem estarunidos nas mãos do soberano, com o objetivo de impedir qualquer conflito ou divisão no seio da sociedade. A sociedade política irá surgir apenas quando é efetuado o pacto, a partir do qual as pessoas instituem um poder comum a se submeter, para assegurar a paz e defesa de todos, permitindo a convivência.

***
Homem (John Locke): Segundo Locke, todos os seres humanos são iguais ao nascer e, para seudesenvolvimento, dependem inteiramente do seu meio ambiente. Suas ações, acreditava Locke, eram sempre motivadas pelo que supunham ser seu própro interesse. O que leva o homem a agir e determina a sua vontade e as suas ações, segundo Locke, é a busca do bem-estar e da felicidade, e a sensação de inquietude em que se sente freqüentemente. Locke não considera mais a liberdade no sentido de"livre-arbítrio"; para ele, a liberdade não está no "querer", mas sim "no poder de agir ou abster-se da ação".
Estado de Natureza (John Locke): No estado de natureza já existe uma sociedade natural, havendo relações sociais, como as relações familiares e econômicas. Ao conceber o estado de natureza, caracteriza-o por conter dois momentos. No primeiro momento se caracteriza o estado de naturezapropriamente dito, em que homem faz da razão seu guia, e ao fazê-lo coloca-se em estrita observância das leis da natureza, do que resulta sua liberdade natural. O objetivo do ser humano deve ser procurar a sua própria conservação usufruindo da melhor forma possível da liberdade que possui, ou seja, nessa a lei da natureza é revelada pela razão e pode se manifestar em qualquer indivíduo, fazendo a pessoaconsciente do valor da sua vida e da dos outros, da saúde, da liberdade e da propriedade.
Não obstante, nem sempre o homem age em consonância à razão. Violando a lei da natureza, não há um poder maior, no estado de natureza, para reparar com imparcialidade e comedimento tal transgressão, ficando sem justas garantias a vida, a liberdade e a propriedade. Deste modo, incumbe a cada indivíduo a...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Comparativo entre hobbes, rousseau, e locke
  • Comparativo entre hobbes, rousseau, e locke
  • Quadro comparativo: locke, hobbes e rousseau
  • Comparativo entre os autores Hobbes, Locke e Rousseau.
  • Quadro comparativo locke, hobbes e rousseau
  • HOBBES, LOCKE E ROUSSEAU
  • Resumo hobbes locke rousseau
  • hobbes locke e rousseau

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!