Como weber ve o capitalismo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3599 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
1OBS: Max Weber defende o estabelecimento de um raciocínio lógico capitalista, que o mesmo denomina racionalismo; sendo esta leitura realizada através da comparação da Alemanha do período com outros países civilizados do planeta em condição de desenvolvimento semelhante, ou seja, com existência do capitalismo e de empresas capitalistas, sendo identificado na primeira uma estrutura social,política e ideológica ímpar, que pode se ditar como a condição ideal para o surgimento do capitalismo moderno, que no seu interior defende a paixão pelo lucro como demonstração de prosperidade, fé e salvação. Neste contexto o autor expõe através do emprego do método e da pesquisa científica uma das várias facetas do capitalismo, o capitalismo ocidental, apresentando em sua obra científica como asprincipais características do Sistema Capitalista a organização capitalista racional do trabalho livre, a separação dos negócios da moradia da família e a implementação da contabilidade racional; da qual se origina a classe burguesa ocidental ligada estreitamente à divisão do trabalho.
Diante desse novo aspecto de ver a vida, Weber tenta mostrar que há uma relação entre alguns países mais desenvolvidos,e o domínio dessa nova religião. Mas desconsidera que o protestantismo foi o gênese desse espírito capitalista moderno, e que alguns fatos são de origem histórica. Segundo Weber, já havia um espírito pré - capitalista, mas esse não era organizado, contudo existia. As pessoas daquele tempo já haviam se adaptado a esse espírito e iam se aprofundando cada vez mais, não se dando conta do quanto jáestavam envolvidas. A religião encarregou-se apenas de organizar o modo de trabalho cotidiano. Quando Lutero introduz a idéia de que toda tarefa era dada por Deus, as pessoas as realizavam como se fosse uma vocação. E assim nasce o método do trabalho regrado, pois tudo tinha a finalidade de agradar somente a Deus, tudo era um dom de Deus.’’A vocação para ele era algo aceito como uma ordem divina, àqual cada um deveria adaptar-se’’(WEBER, 2001, p. 46). Para Weber, Lutero tinha uma doutrina pura e ética. E há um fato que comprova que o único objetivo de Lutero era com Deus e com a salvação, de acordo com Weber, o resultado da reforma foi imprevisível e até mesmo indesejável, muitas vezes oposto até ao pensamento dos próprios reformadores. João Calvino pode ter ido um pouco mais além de Lutero,apesar de seguir aspectos da doutrina Luterana.
Calvino valorizava o trabalho e o lucro, pode-se dizer que traz um espírito capitalista, porém esse lucro não se transformava em investimento, que é como funciona o capitalismo moderno. Segundo Weber, Calvino apenas trabalhava para guardar o dinheiro, não o gastava com coisas mundanas, e por isso ficava cada vez mais rico. De acordo com Weber: ’’Arelação do calvinista com Deus era realizada em seu profundo isolamento’’(p. 59).O calvinista condenava que um homem poderia livra-lo dos seus maus atos, apenas Deus poderia fazer isso. Para os calvinistas o mundo servia apenas para glorificar Deus, nada era em benefício da carne.A predestinação era o ponto central do Calvinismo, cada um nasce determinado para efetuar tal atarefa. Segundo Weber, oCalvinismo trouxe um ponto positivo: a idéia de necessidade de se provar a fé de cada um na atividade secular. Diante de tantos aspectos ligados como: fé, trabalho, lucro e capitalismo. Weber deixa bem claro que o capitalismo moderno não é resultado da reforma, e que o espírito que se desenvolvera durante a reforma difere em todo do espírito capitalista moderno. A reforma pode apenas terincentivado esse espírito, mas seu objetivo não era com o terreno, e sim com Deus, o que não ocorre hoje com o capitalismo contemporâneo que é independente de qualquer método religioso. O que Weber realmente tenta nos mostrar era como uma religião podia influenciar em uma cultura secular.

A ética é um livro que abrange vários campos científicos: teológico, educacional, econômico, sociológico, moral e...
tracking img