Como seu tcc pode gerar interesse

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1525 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Como seu TCC pode gerar interesse | | |

Para quem está ligado nas tendências do mercado e nas necessidades sociais, o TCC (Trabalho de Conclusão de Curso) pode ser mais do que um bom portifólio ou do que uma recordação pra deixar no fundo da gaveta.

Algumas universidades exigem que o TCC seja uma pesquisa estritamente acadêmica, apresentada na forma de monografia, mesmo que a intençãodo aluno não seja seguir carreira científica. Mesmo assim, é possível encontrar maneiras de fazer um TCC útil não apenas como forma de construção de conhecimento, mas também como ferramenta importante na sua vida comunitária e profissional.

Segundo o livre docente de Biologia da USP - Ribeirão Preto Dalton Amorim, que orienta monografias de alunos da graduação, a aplicabilidade desses trabalhosno mercado e na sociedade depende da área que o aluno estuda e da maneira como a IES enxerga essa atividade. "Na minha perspectiva, a monografia acelera a formação do ponto de vista do aluno a respeito de como a ciência funciona". Segundo Amorim, apesar do objetivo de introduzir o aluno no universo da pesquisa acadêmica, os TCCs formam profissionais que interessam a todos os tipos de mercado - porserem capazes de identificar questões, escolher métodos para resolvê-las, tabelar os resultados e analisá-los corretamente: "A idéia é formar solucionadores de problemas".

Amorim explica que, nas Ciências Biológicas, trabalhos relacionados a impacto ambiental, genética e questões de biodiversidade vão de encontro às demandas atuais da sociedade. No próximo ano, por exemplo, o professor vaiorientar os trabalhos de duas alunas interessadas na biodiversidade de um certo grupo de insetos na Mata Atlântica. Com essa pesquisa, elas poderão auxiliar os cientistas a entenderem quais os melhores lugares para implantar reservas biológicas e descobrirem novas formas de preservação de espécies.

Universidade e Comunidade

O Centro Universitário Mauá promove uma feira anual dos trabalhos deconclusão de curso da graduação. "A Eureka surgiu na década de 80, mas antes só envolvia os alunos da Engenharia Elétrica. A partir de 1999, ela se tornou aberta ao público, e hoje 99% dos trabalhos da Mauá são expostos na feira", afirma o professor de Engenharia e coordenador técnico-científico da Eureka Carlos José de Souza Jr. Ele acredita que cada vez mais os TCCs expostos na feira se propõem aresolver problemas que vêm de fora da universidade. "O objetivo da feira é trazer a comunidade para dentro da escola. Seria ótimo se a comunidade pudesse trazer ainda mais problemas para nós resolvermos", explica Souza.

O professor conta que costuma adotar algumas táticas para estimular seus alunos de Engenharia a ter boas idéias - que sejam criativas e, ao mesmo tempo, factíveis - de TCC:"Faço com eles uma visita aos trabalhos de conclusão antigos, porque muitas vezes uma boa idéia foi proposta no passado, e agora existem condições tecnológicas melhores para realizá-la. Peço para os alunos me entregarem uma lista com os projetos de que eles gostaram e com as idéias que tiveram. Eles aparecem com as idéias mais estapafúrdias do mundo, eles querem fazer um foguete, querem terminar osseis anos de curso com tudo. Depois eu tento limitar os projetos na orientação".

Quer ver um exemplo de como surge uma boa idéia para fazer um TCC? Para a Eureka desse ano, o estudante de engenharia Roberto Furuta e seus colegas queriam trabalhar com alguma causa social. Dessa vontade, partiram para o interesse em lidar com materiais, uma das disciplinas que cursaram durante a graduação na Mauá.Pensaram, então, que poderiam fazer algo para ajudar a polícia de São Paulo: criar um colete a prova de balas com tecnologia dry fit, que fosse mais leve e que permitisse a transpiração. "Fomos à PM e conversamos com os policiais a respeito dos coletes. Até que um coronel disse que o principal problema em relação a eles era a dificuldade do descarte. Foi como se ele tivesse falado uma palavra...
tracking img