Como se forma um bom aluno

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 16 (3893 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Revista Época, Edição 616
Como se forma um bom aluno
Todo pai quer que seu filho vá bem na escola. Só querer não basta. A seguir, oito lições de crianças que se destacam nos estudos
Camila Guimarães com Juliana Arini, Marco Bahé e Nelito Fernandes | |
|Não há pai ou mãe que não sonhe com isso: que |Pedro Manzaro seria um personagem improvável |por seu trabalho duro, pelo esforço despendido|
|seu filho vá bem na escola, encontre uma |para uma reportagem sobre bons alunos. Aos 7 |para chegar àquele resultado têm reação inversa. |
|vocação e faça sucesso. É por isso que os pais|anos, ele começava o 3o ano sem saber escrever|Tornam-se mais persistentes, desenvolvem gosto |
|brasileiros, ouvidos em uma pesquisa do |direito e com falhas de leitura. Em breve |pelorisco. E, quando fracassam, atribuem isso a |
|Movimento Todos pela Educação, disseram |iniciaria aulas de reforço, com pouco |um esforço insuficiente, não à incapacidade. Foi |
|participar com afinco da vida escolar de seus |resultado. Pedro era um retardatário na turma |o que aconteceu com Pedro. “Mesmo com os |
|filhos. Essa participação, porém, tem suas |dealfabetização. Naquele momento, a diretora |sucessivos erros, nunca ouvi o Pedro se recusar a|
|falhas – como mostra um detalhamento da |do colégio, de uma rede particular de São |escrever um texto”, diz Beatriz Loureiro, a |
|pesquisa de 2009, feito com exclusividade para|Paulo, chamou seus pais para uma conversa. Era|professora que acompanhou sua recuperação. Se os |
|ÉPOCA. Em algunscasos, há falta de tempo (a |preciso agir. Quando estão aprendendo as |pais não sabem reconhecer as paixões naturais dos|
|queixa mais comum de quem tem filho em escola |letras, as crianças têm um “clique”, um |filhos, inibem o aprendizado, em vez de |
|particular). Em outros, o principal obstáculo |momento muito pessoal a partir do qual a |promovê-lo.|
|é o desconhecimento do conteúdo ensinado (para|escrita e a leitura deslancham. O “clique” de | |
|quem tem filho em escola pública). A pesquisa |Pedro estava demorando demais. Que pai não |2. O PRAZER DE APRENDER - Guilherme Ortolan, de 9|
|também detectou conceitos ultrapassados de |ficaria apreensivo com uma situaçãodessas? |anos, tem dificuldade de passar para a próxima |
|como impulsionar o conhecimento. A maioria dos|Foi como Andréia e Sidnei Manzaro se sentiram.|fase. Não na escola. Essa ele tira de letra. O |
|pais presta demasiada atenção às notas e |Mas logo trataram de agir. A estratégia foi |problema de Guilherme é que, quando joga um de |
|preocupa-se menos em estimular a leituraou |usar a leitura – o menino adorava livros, |seus games preferidos com o pai, esquece o |
|acompanhar se a criança está aprendendo. |vivia com eles embaixo do braço, apesar da |objetivo. “Ele para o jogo para me dizer que a |
| |dificuldade de entendê-los. Na casa da |classificação de um dos bichos na tela está ||Em outras palavras: há mais cobrança que |família, já havia a tradição de cada criança |errada: aquele dinossauro não pode ser herbívoro |
|incentivo. É como se os pais considerassem que|(Pedro tem dois irmãos mais novos) ter seu |e viver naquela parte da floresta se tem dentes |
|sua tarefa principal é garantir o acesso à |“dia de filho único”, quando os pais ficam só |tãopontiagudos, típicos dos carnívoros”, diz o |
|escola – a partir daí, a responsabilidade |com ele. Durante a recuperação de Pedro, que |pai, também Guilherme. A paixão do menino pelos |
|seria dos professores. Isso é pouco, |levou um ano, seus dias de filho único eram |dinossauros começou cedo. Ele nem era |
|principalmente num país que não tem avançado |sempre passados...
tracking img