Como se deu o processo de conceituação do serviço social

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2552 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
COMO SE DEU O PROCESSO DE RECONCEITUAÇÃO DO SERVIÇO SOCIAL NO BRASIL?
O chamado Movimento de Reconceituação iniciou-se ao redor de 1965, sendo um processo de ruptura com o SS norte-americano - vigente no Brasil após o final da IIªGuerra. Foi uma proposição no sentido de adequar o SS à problematica dos países latino-americanos, buscando um marco referencial e teórico para a prática do SS eelaboração de uma literatura autônoma.Identificou-se por três momentos distintos: Critica da ligação c/os paises dominantes, com seu caráter importado da Europa e EE.UU. Foi o momento mobilizado pelo CBCISS, promovendo os Seminários de Araxá (1967) e Teresópolis(1970).Foi a apresentação do SS voltado para a integração social na perspectiva da modernização (neopositivista .
No segundo momento continua oquestionamento s/ligação do SS com os valores e classes dominantes. Foi o período dos novos paradigmas científicos, do ressurgimento dos movimentos sociais e estudantis na política brasileira.O terceiro momento ocorreu com o resgate das teorias marxistas, pelas obras de Iamamoto e outros . Com base no pensamento de Gramsci, coloca-se a instituição como o espaço das lutas de classes, procurando-sefortalecer á prática do SS aliada aos movimentos populares.
Obs; Apesar da falência das teorias comunistas e das mudanças no pensamento socialista, esse terceiro momento continua a ser ensinado nas Faculdades de SS como o fundamento ético/político do SS. continuando a teoria a ser ensinada como um discurso condoreiro e a prática como um choque lá no rés-do-chão da realidade.

MOVIMENTO DERECONCEITUAÇÃO DO SERVIÇO SOCIAL

O Assistente Social é um profissional especialmente habilitado para identificar e atuar em problemas de educação, saúde, trabalho, justiça e segurança entre outras áreas, planejando e executando políticas públicas comunitárias, podendo também atuar diretamente com os indivíduos, famílias, grupos, empresas e comunidades. Diante disto, esta análise visa buscar deforma abrangente e tendo como objetivo considerar as forças sociais que inspiraram as iniciativas do Movimento de Reconceituação do Serviço Social e toda sua problemática dentro de um contexto social. É necessário que se revejam os conceitos básicos da Sociologia e a importância dos mesmos para a compreensão da história cotidiana, para isso vamos voltar um pouco à história para obter uma melhorcompreensão de todo esse processo histórico.
No final da década de 50 e no início da década de 60 houve uma crise dos padrões de acúmulos capitalistas, tendo como exemplo desenvolvimentista do governo de Juscelino Kubitscheck (JK), tal crise foi marcada pela internacionalização da economia e pelo fortalecimento do setor privado e do capital internacional. A responsabilidade a política econômica assumenesse período, faz com que a política social do Brasil passe a ser em segundo plano, tendo como medida significativa à instituição e a regulamentação da lei orgânica da Previdência Social.
A profissão do Serviço Social se firma no Brasil, mas este trabalho favorece a classe burguesa numa sociedade onde impera o capitalismo fazendo com que surjam pessoas que possam trabalhar a favor das classesdominantes para que a classe menos favorecida sinta-se amparada. Com o apoio da Igreja Católica exercem um trabalho de assistencialismo o que criou o mito de que o profissional de Serviço Social e aquele que faz caridade.
O Serviço Social só passa a ter uma significância maior durante a década de 50 quando a Organização das Nações Unidas (ONU) e outros grupos internacionais empenham-se emsistematizar e divulgar o Desenvolvimento de Comunidade (DC) para unificar a população aos planos nacionais e regionais de desenvolvimento.
Os assistentes sociais se comprometiam com essa nova perspectiva. Grande parte deles assumia o posicionamento dos cristãos de esquerda entrando para o Movimento de Educação de Base (MEB), organizado pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, começando com um...
tracking img