Como reduzir seu risco empresarial representado pelo fato de ter a totalidade de suas receitas em moeda brasileira e cerca de 29% de seus custos ligados diretamente e 24% indiretamente ao dólar norte-americano?

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 33 (8051 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Coordenador da Seleção é interrogado e revistado nos EUA, porque seu visto havia sido emitido na Arábia Saudita

LOS ANGELES, EUA - O coordenador-técnico da Seleção, Mário Jorge Zagallo, não vem dando sorte com os amistosos da equipe. Ontem, nos Estados Unidos – escala do vôo para Guadalajara, onde o Brasil enfrenta amanhã o México –, ele foi levado para uma sala do aeroporto de Los Angeles,onde permaneceu quase uma hora, respondendo a um interrogatório.
O serviço de imigração dos EUA percebeu que o visto de Zagallo havia sido emitido na Arábia Saudita. Assim, durante todo o período em que os brasileiros ficaram em solo americano, o coordenador-técnico foi obrigado a ficar separado da delegação. Zagallo foi, ainda, revistado pela polícia americana. Depois de muito tempo, ele foiliberado para se juntar ao grupo, que já estava embarcando para Guadalajara.
Ao chegar ao México, a surpresa: ao passar pela Alfândega, Zagallo teve de abrir suas malas. Ele foi o único integrante da delegação brasileira a ter de mostrar a bagagem às autoridades mexicanas.
Não é a primeira vez que Zagallo tem problemas em viagens com a Seleção. Em novembro, na volta da Coréia do Sul, ele sofreu umaembolia, por causa do longo período que passou no avião. Em fevereiro, ao chegar da China, percebeu que a sua bagagem ficara no hotel da delegação.
Ontem, a segurança americana estava tão rigorosa que poucos membros da delegação brasileira tiveram acesso ao aeroporto. O chefe da delegação, Antônio Osório, o técnico Parreira e o lateral Athirson tinham visto americano e circularam pelo aeroporto.O DIA
____________________________________________________________________________________________________

Terça, 29


Mudanças no comando da TAM.

Varig realiza assembléia amanhã

O vice-presidente de Finanças da TAM, Marco Antônio Bologna, pediu demissão. Segundo a empresa, o executivo recebeu um convite ''irrecusável'' do Grupo VR, conhecida como empresa de vale-refeição.Fontes do mercado, no entanto, contaram que Bologna teria tomado a decisão por causa de problemas com Wagner Ferreira, diretor comercial da TAM.
Bologna e Ferreira teriam se desentendido devido ao baixo desempenho da receita e da taxa de aproveitamento dos aviões da TAM. Outra desavença seria uma suposta constatação, de Bologna, de que os resultados financeiros começariam a declinar nos próximosmeses. A TAM negou esses rumores.
Na Varig, o Colégio Deliberante - 220 funcionários que representam o poder maior da empresa - fazem uma assembléia amanhã. No encontro, será decidida a continuidade, ou não, do processo de fusão com a TAM.

JORNAL DO BRASIL
____________________________________________________________________________________________________

Segunda, 28

Embraer venderá 10aviões para companhia polonesa LOT.

SÃO PAULO -- A Embraer assinou um contrato para a venda de 10 aviões para a companhia aérea polonesa LOT, no valor estimado de 230 milhões de dólares.
A empresa brasileira, que fornecerá à LOT aviões Embraer 170, de 70 lugares, superou na concorrência a canadense Bombardier, com a qual disputava a encomenda, desde 2001.
O contrato prevê, também, opções decompra para outras 11 aeronaves.
A empresa brasileira e a companhia polonesa assinaram, ainda, um contrato para que a LOT opere um Centro de Serviços Autorizados da Embraer para a manutenção de linha e inspeções periódicas em aeronaves ERJ 145, na Europa.
(Com informações da Agência RBS)

CNN____________________________________________________________________________________________________

Segunda, 28

Banda larga no avião é um sucesso, diz Lufthansa.



Os passageiros da Lufthansa gostaram de usar a Internet nos vôos. A companhia aérea, a primeira a oferecer acesso em alta velocidade a bordo, lançou o serviço em janeiro para os vôos entre Frankfurt e Washington.
Os três meses de testes tiveram uma recepção positiva, com uma média de 50 a 80 passageiros por vôo...
tracking img