Como funciona um parto por forceps

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1196 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Parto Fórceps: parto via vaginal no qual se utiliza um instrumento cirúrgico semelhante a uma colher, que é colocado nos lados da cabeça do bebê para ajudar o obstetra a retira-lo do canal de parto.

FÓRCEPS
O Fórceps é um instrumento obstétrico, constituído por duas colheres, destinado a apreender o polo cefálico do feto e extraí-lo através do canal genital.

Apesar de existirem váriostipos de fórceps, o tocólogo geralmente usa poucos modelos, aos quais se habitua e familiariza. Cada tipo tem a sua indicação precisa. Os principais tipos de fórceps são:

Fórceps de Simpson - utilizado nas posições occipito anteriores e posteriores, para rotação e extração. 

Fórceps de Kielland - utilizado tão somente nas posições occipito anteriores.

Fórceps de Pipper - reservado para ospartos pélvicos com cabeça derradeira. 

Fórceps de Marelli - utilizado exclusivamente para desprendimento do polo cefálico, sendo denominado também como Fórceps de Alívio. 

No geral o fórceps é constituído por colher, articulação e cabo. Existem outros tipos que possuem trator separado, porém estão em desuso.

Toda uma rotina e técnica devem ser empregadas quando da locação das colheres dofórceps, conforme a seguir descrito:

Perfeita identificação da apresentação fetal, e variedade de apresentação. Criteriosa avaliação e certeza da possibilidade de êxito do intento. A dilatação do colo deverá estar completada. As condições da vagina e períneo devem oferecer boa elasticidade. O polo cefálico deverá estar insinuado. A bexiga deverá ser esvaziada por sonda de nelaton. Deve-seoptar por anestesia de bloqueio: Raqui, peridural ou loco-regional. 

De acordo com a variedade de apresentação e altura da apresentação fetal, bem como da vitalidade do concepto, fará o obstetra a escolha do instrumento a ser utilizado. 

Uma vez determinado o instrumento a ser utilizado poderá o mesmo ser lubrificado com vaselina esterilizada o que facilitará a introdução da colheres. 

Aseguir o fórceps será apresentado a vulva. Isto significa colocar o fórceps a situação em se quer o instrumento após a locação. 

A locação das colheres deverá ser feita separadamente, utilizando-se a mão antônima como guia, protegendo-se desta forma as estruturas moles maternas, e afastando-as para a introdução da colher do fórceps. Após a introdução das duas colheres, verifica-se a variedade deapresentação relacionada com a posição das colheres locadas. Deverá existir uma simetria entre as suturas do crânio fetal com o fórceps. Este procedimento é denominado de verificação da pega. 

A seguir se faz a rotação do polo cefálico para OP, posição na qual se pretende o desprendimento do polo cefálico. Nova avaliação da pega poderá ser realizada. 

Nesta posição poderá ser realizada atração do polo cefálico, preferencialmente durante uma contração uterina. O cabo do fórceps deverá ser tracionado para baixo com o auxilio de uma compressa a ele aplicada. A ponta do cabo, segura com a outra mão fará a tração para fora da vagina no sentido de provocar o desprendimento propriamente dito. A episiotomia é o procedimento último, só sendo realizado quando do coroamento do polocefálico, por auxiliar qualificado. 

A retirada da colheres segue a rotina inversa da colocação ultimando-se o parto como de rotina. ultima-se o parto da maneira convencional. 

Após o término da realização do parto a fórceps, deve o obstetra realizar a revisão do canal de parto, identificando e suturando eventuais lacerações. 

Reservados para situações específicas como a cabeça derradeira, noparto pélvico, temos o fórceps de Pipper. Este sempre deverá estar a disposição quando se inicia um parto pélvico, pois o seu uso, quando necessário, requer rapidez.
Como funcionam os partos auxiliados por fórceps ou ventosa? 
Esses instrumentos são ligados à cabeça do bebê para que ele possa ser retirado por via vaginal, no parto normal. Vários motivos levam ao uso dos dois métodos, incluindo...
tracking img