Como educar para o pensar

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1946 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
COMO EDUCAR PARA O PENSAR?


A importância de se ensinar para o pensar é reconhecida por professores e escritores da educação. Aponta-se na teoria e na prática um desejo de fazer com que os estudantes conquistem um pensar por si mesmos, de forma que consigam autocorrigir-se de maneira crítica e criativa. Entendemos que o pensar é uma maneira de aprender, de investigar o mundo e as coisas,para melhor interpretá-los e, assim, melhor conhecer o mundo que habitamos. É pela atividade critica e criativa do pensamento que nos libertamos da submissão de sistemas e pessoas com ideologias manipuladoras e desumanizadoras. Não considerar a importância de uma atividade educacional voltada ao desenvolvimento do pensar é subestimar a capacidade humana de raciocínio.
O pensamento é uma atividadeprodutiva e o próprio produto da capacidade de pensar, portanto para o ser humano, por si mesmo é a condição primária de sua liberdade. Neste sentido, amparamos nossas idéias sobre a importância de um ensino voltado ao pensar no livro “Como Ensinar a Pensar”, de Louis E. Raths, Selma Wasserman e outros. Nesta obra, os autores procuram relacionar a tarefa da educação com o desenvolvimento dosprocessos do pensamento a partir da definição das funções, operações e categorias do pensar, bem como procuram verificar as aplicações práticas no campo educacional. Neste sentido, os autores apresentam a educação para o pensar, tendo em vista a seguinte reflexão:
A importância do pensar e do pensamento é teórica e verbalmente reconhecida. Ansiamos que nossas crianças sejam capazes de pensar por simesmas, de autodirigir-se, de meditar e refletir; não queremos que sejam precipitadas em seus juízos.
Porém, por que queremos tudo? Em parte, porque suponhamos que a sobrevivência depende desses fatores, quem sabe porque pensamos que o ser humano não pode ser tolo e simultaneamente livre. A sociedade livre que nos esforçamos por construir exige uma inteligência também livre. Pouco tempo durará aliberdade e a independência ao povo que não possa ou que não queira pensar sobre seus problemas. Não cabe dúvida de que os pilares de toda sociedade democracia são a capacidade de compartilhar as idéias e empregar a inteligência. (RATHS et al. , 1971,p.21).
Desta forma, consideramos que o pensar é a articulação racional que fazemos ao questionar e criticar conhecimentos cristalizados ou asrelações de poder e autoridade presentes na sociedade. Convencionalmente, identifica-se uma propensão para cultivar a disciplina e docilidade de um pensar receptivo e passivo ao invés de educar um pensar critico, criativo e investigativo. Certamente, é mais fácil ensinar a um grupo de alunos passivos e submissos do que aguçar para um pensar inquieto e desafiador. Porque este, uma vez recuperado, questionaos conhecimentos dogmatizados e a idéia subjetiva de autoridade de um saber arbitrário. Muitos professores sabem da importância de se ensinar a pensar, porém desconhecem os caminhos que promovem este pensar.
Muitos alunos, professores e pais ainda entendem que a aprendizagem é mais eficaz quando a escola se aplica na pura transferência das principais informações dos conhecimentos tidos comoverdadeiros. Notamos que esta é uma tendência conservadora, que busca apenas repassar as habilidades básicas de ler, escrever, contar e memorizar informações convencionadas. Esta atitude de pais, professores e alunos tende a desencadear limites à capacidade de pensar. Simultaneamente, é possível observar que o aluno desenvolve uma dependência excessiva para com o professor, tendo como conseqüência:dificuldade para concentrar-se, falta de significado no que estuda, faz as atividades por obrigação, tem dificuldade para interpretar, assimila e reproduz uma postura dogmática (conduta rígida e inflexível), falta de confiança em seu próprio pensamento, resistência para o pensar, etc.
A palavra pensamento pode ser entendida por diferentes significados, mais amplos ou mais restritos. Dewey é um...
tracking img