Como abrir uma sorveteria

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 71 (17598 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Sorveteria | |
|Área de atuação do negócio: Comércio |

| |


PARTICULARIDADES DA ATIVIDADE
» ATIVIDADE DESENVOLVIDA
    Este tipo de atividade é caracterizado por ser um estabelecimento comercial onde se fabricam e vendem sorvetes em geral. A produção de sorvetes no próprio estabelecimento para seremservidos aos consumidores diretamente no balcão, não faz da SORVETERIA uma indústria para fins da legislação ambiental - CETESB. A SORVETERIA também poderá adquirir produtos industrializados de terceiros para revenda. Desta forma, a SORVETERIA atua na produção quando comercializa produtos de sua própria fabricação para venda aos consumidores, e como revendedora quando comercializa produtosindustrializados e adquiridos de terceiros.
    Salientamos que as Indústrias de Sorvetes propriamente ditas – que fabricam e embalam sorvetes para serem revendidos no mercado por terceiros - não costumam comercializar seus produtos diretamente a consumidor final e não foram contempladas no presente trabalho.
» RESPONSABILIDADE TÉCNICA
    A Agência Nacional de Vigilância Sanitária, por meio daResolução RDC nº 216 de 15/09/2004, determinou que todo estabelecimento de gêneros alimentícios deve ter um Responsável pelas atividades de manipulação dos alimentos, o qual deverá ter comprovadamente participado de Curso de Capacitação nos seguintes temas: Contaminantes Alimentares; Doenças Transmitidas por Alimentos; Manipulação Higiênica dos Alimentos; Boa Práticas.
    O Responsável pelasatividades de manipulação de alimentos, deverá ter autoridade e competência para implantação e manutenção das “Boas Práticas de Fabricação, Manipulação - BPFM, Controle de Qualidade dos Alimentos” e do “Procedimento Operacional Padronizado - POP” entre outras atividades. Essa responsabilidade pela implantação e manutenção de Boas Práticas de Fabricação e Manipulação - BPFM e dos POP’s, pode estar a cargodo proprietário do estabelecimento ou de um funcionário capacitado que trabalhe efetivamente no local, conheça e acompanhe inteiramente o processo de produção. Não há necessidade de se nomear este Responsável no contrato social de sua empresa, basta somente indicá-lo junto ao Centro de Vigilância Sanitária.
    Para maiores informações, consulte o Centro de Vigilância Sanitária da Secretaria deEstado e da Saúde: http://cvs.saude.sp.gov.br.
» INSTALAÇÕES
    As SORVETERIAS deverão ser mantidas nas mais perfeitas condições de ordem e higiene, inclusive no que se refere ao pessoal e ao material. De acordo com a legislação paulista, especificamente a Portaria CVC-6/99 do Centro de Vigilância Sanitária da Secretaria de Estado da Saúde, ficam estabelecidas, entre outras coisas, asinstalações mínimas necessárias para funcionamento de uma SORVETERIA, que são:
I - Área independente para recebimento e armazenagem de mercadorias - tendo estrados e prateleiras com altura mínima de 25 cm do piso;
II - Área independente para produção e manipulação de alimentos;
III - Área independente para higiene e guarda de utensílios de preparação;
IV - Sanitários para funcionários, separados por sexo;V - Vestiário separado por sexo, devendo possuir armários individuais e chuveiro;
VI - Lavatórios exclusivos e em posição estratégica para que os funcionários façam a higienização das mãos;
VII - Sanitários para público (consumidores) separados por sexo;
VIII - Todas as áreas e instalações deverão estar revestidas de material liso, impermeável, de cores claras, de fácil higienização (Piso,Paredes, Forros e Tetos, Portas e Janelas);
IX - Ambiente com iluminação uniforme, boa ventilação.
Para maiores informações, consulte o Centro de Vigilância Sanitária da Secretaria de Estado e da Saúde: http://cvs.saude.sp.gov.br.
» VIGILÂNCIA SANITÁRIA
    A Agência Nacional de Vigilância Sanitária estabelece regras específicas para empresa que produzem e/ou manipulam alimentos (Resolução...
tracking img