Comex

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 9 (2125 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de dezembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
EXERCÍCIOS RESPOSTAS

1)R: Ao Comitê Executivo de Gestão - GECEX cabe avaliar o impacto, supervisionar permanentemente e determinar aperfeiçoamentos em relação a qualquer trâmite, barreira ou exigência burocrática que se aplique ao comércio exterior e ao turismo, incluídos os relativos à movimentação de pessoas e cargas.

São membros natos do Comitê Executivo de Gestão:

I.    O Presidentedo Conselho de Ministros da Camex, que o preside; 
II.   O Secretário-Executivo da Casa Civil da Presidência da República; 
III.  O Secretário-Geral das Relações Exteriores; 
IV.   O Secretário-Executivo do Ministério da Fazenda; 
V.    O Secretário-Executivo do Ministério da Agricultura, Pecuária e do Abastecimento; 
VI.   O Secretário-Executivo do Ministério do Desenvolvimento, Indústria eComércio Exterior; 
VII.  O Secretário-Executivo do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão;
VIII. O Secretário-Executivo do Ministério dos Transportes; 
IX.   O Secretário-Executivo do Ministério do Trabalho e Emprego; 
X.    O Secretário-Executivo do Ministério da Ciência e Tecnologia; 
XI.   O Secretário-Executivo do Ministério do Meio Ambiente; 
XII.  O Secretário-Executivo doMinistério do Turismo; 
XIII. O Secretário-Executivo do Ministério do Desenvolvimento Agrário; 
XIV.  O Secretário-Executivo da Camex; 
XV.   O Subsecretário-Geral de Assuntos Econômicos e Tecnológicos do Ministério das Relações Exteriores; 
XVI.  O Subsecretário-Geral da América do Sul do Ministério das Relações Exteriores; 
XVII. O Secretário de Assuntos Internacionais do Ministério daFazenda; 
XVIII. O Secretário da Receita Federal do Ministério da Fazenda; 
XIX. O Secretário de Relações Internacionais do Agronegócio do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento; 
XX. O Secretário de Comércio Exterior do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior; 
XXI. O Diretor de Assuntos Internacionais do Banco Central do Brasil; 
XXII. O Diretor de ComércioExterior do Banco do Brasil S.A.; 
XXIII. um membro da Diretoria do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social; e 
XXIV. um representante do Serviço Social Autônomo Agência de Promoção de Exportações do Brasil - APEX - Brasil.

2)R: Trata-se de uma área de livre comercio com uma tarifa externa comum, onde existe uma política comercial externa com normas de importação e exportação a seremseguidas.

3)R: Mercosul: O Mercado Comum do Sul, formado pelo Brasil, Argentina, Uruguai e Paraguai, foi instituído por meio do Tratado de Assunção em 1991. Desde então, pouco se avançou quanto à profundidade do efetivo processo de integração regional, que ainda está muito longe da União Aduaneira prevista para 1994, porém ampliou-se bastante a sua área de abrangência, com a entrada de váriosmembros-associados, como o Chile (1996), Bolívia (1997), Perú (2003) e Venezuela (2004).

Aladi: A ALADI é o maior grupo latino-americano de integração. É formado por doze países-membros: Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Cuba, Equador, México, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela, representando, em conjunto, 20 milhões de quilômetros quadrados e mais de 500 milhões de habitantes Nafta: Acordo de Livre Comercio da América do Norte. Constitui- se em um instrumento de integração das economias dos EUA, do Canadá e do México. Foi iniciado em 1988, entre norte-americanos e canadenses, e por meio do Acordo de Liberalização Econômica, assinado em 1991, formalizou-se o relacionamento comercial entre os Estados Unidos e o Canadá. Em 13 de agosto de 1992, o bloco recebeu a adesão dosmexicanos.
O Nafta entrou em vigor em 1° de janeiro de 1994, com um prazo de 15 anos para a total eliminação das barreiras alfandegárias entre três países, estando aberto a todos os Estados da América Central e do Sul.
O Nafta consolidou o intenso comércio regional no hemisfério norte do Continente Americano, beneficiando grandemente à economia mexicana, e aparece como resposta à formação da...
tracking img