Comex lançamento de um novo produto no mercado exterior

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 18 (4357 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
2.5. FLUXOGRAMA DA EXPORTAÇÃO DO PRODUTO E DOCUMENTOS UTILIZADOS

2.5.1 FLUXOGRAMA

[pic]

2.5.1 DOCUMENTOS UTILIZADOS

Os documentos para exportação são de suma importância, porém para a utilização destes, depende se muito do produto que será exportado e para onde se destinará para assim separar os documentos a serem utilizados na negociação internacional e formalizar o contrato,o qual definira as condições da operação.

Alguns documentos são padronizados para facilitar o intercâmbio comercial, pois por mais que em cada país importador haja diferenciações de modelos, o que importa é que neste contrato se tenha clareza nas condições negociadas.

A ZF Sistemas de direção utiliza-se dos seguintes documentos:

FATURA PRO FORMA (Quatro vias) – é oprimeiro documento, o starter efetivo do negócio. Após conversas, trocas de informações, o exportador cota seu produto ao comprador externo, via fax, telex ou carta, com a emissão da fatura pro forma ou pro forma invoice. É este documento que contém todos os elementos da transação, servirá para emissão da fatura comercial, cuja identificação pode ser facilitada pela consulta à Brazil Trade Net.Não existe um modelo para tal documento. Contudo deverá conter os seguintes elementos:
• Nomes do exportador e do importador;
• Data e local de entrega;
• Termos ou condições de venda – Incoterms;
• Descrição da mercadoria, quantidade, peso bruto e líquido, preço unitário e valor;
• Quantidades mínimas e máximas por embarque;
• Tipo de embalagem de apresentação e detransporte;
• Modalidade de pagamento;
• Locais de embarque e de desembarque;
• Prazo de validade da proposta;
• Assinatura do exportador;
• Local para assinatura do importador, que, com ela, expressa a sua concordância com a proposta;
• Outros detalhes (principalmente as exceções).

PACKING LIST (Quatro vias) – é um documento emitido peloexportador/vendedor em casos em que o embarque compreende mais de um volume, este complementa a fatura comercial. É a relação dos volumes, com descrição do conteúdo de cada um, e sua principal função é auxiliar o importador a chegada da mercadoria, facilitando a conferência e desembaraço aduaneiros. Não existindo nenhuma forma estabelecida para sua confecção.

REGISTRO DE EXPORTAÇÃO (RE) – processa-seeste registro antes da emissão da Nota Fiscal e, por conseguinte, anteriormente a saída da mercadoria do estabelecimento do exportador com destino ao local de saída para o exterior. A fiscalização, no local de desembaraço da mercadoria, após a solicitação de despacho – SD, acessa o terminal SISCOMEX para proceder a liberação do produto.

NOTA FISCAL – é um documento deve acompanhar amercadoria desde o estabelecimento do exportador até o embarque do produto para o exterior. No caso de exportação direta, a nota fiscal deve ser emitida em nome da empresa importadora. Na exportação indireta, a nota será emitida em nome da empresa que efetuará a operação de exportação (trading company, etc.).

CERTIFICADO DE ORIGEM – é uma declaração formal de que a mercadoria objetodaquela exportação, com detalhes do embarque, é originaria de determinado país. Este certificado tem por finalidade dar um tratamento preferencial ou atender as exigências de acordos comerciais firmados entre o país exportador e o importador para redução ou dispensa de tributos.

CONHECIMENTO DE EMBARQUE – documento emitido pelo transportador da mercadoria ou pelo seu agente autorizado. No momentode embarque da mercadoria ocorre sua assinatura, atestando que o produto foi efetivamente embarcado ou, se for o caso, recebido para embarque.

CERTIFICADO DE PESO/ QUALIDADE/ CONFORMIDADE - alguns países exigem que as mercadorias sejam inspecionadas por organizações especializadas antes do embarque, os certificados então emitidos são documentos básicos para liberação dos materiais...
tracking img