Comercio

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2816 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
COMÉRCIO


O comércio é a atividade responsável pela intermediação entre a produção das mercadorias e seu repasse aos consumidores. Essa forma de trabalho pratica desde tempos remotos, envolve múltiplos aspectos e engloba, atualmente, tanto setores modernos, altamente organizados-incluindo o crescente comércio eletrônico-quanto outras, ainda praticadas de forma rudimentar. NoBrasil, segundo o IBGE, o setor Comércio movimenta cerca de 7% do Produto Bruto Interno-PIB, com 962 mil empresas comerciais.
De maneira geral, as atividades comerciais podem ser classificadas como atacadista e varejista .já a Classificação Nacional de Atividades Econômicas_CNAE,utilizada pelos órgãos governamentais, identifica no segmento do Comércio,três grandes categorias .*Comércio de veículos e peças e varejo de combustíveis; Agrega um segmento específico do comércio quanto aos produtos vendidos, consumidores a que se destinam e pela forma de organização das unidades destinadas à venda;
* Comércio atacadista; Caracteriza - se por vender preponderantemente para agentes empresariais ou institucionais, inclusive revendedores varejistas;
* Comérciovarejista; Cujas vendas são direcionadas preponderantemente à população em geral.
* O quantitativo de estabelecimentos comerciais (atacadistas e varejistas) instalados no país está representado no gráfico Como pode ser observado, o segmento varejista é predominante, englobando cerca de 85% das empresas comerciais. Já as empresas atacadistas e as empresas de comércio de veículos epeças e varejo de combustíveis, correspondem a 7% e 8% do total, respectivamente.
[pic]
OS COMERCIÁRIOS ONDE TRABALHAM


*73% dos trabalhadores concentram no comércio Varejistas, cabendo aos setores de Atacado e Veículos e Combustíveis uma participação aproximadamente de 27%.
*70%da força de trabalho é constituída por mulheres, porcentual que pode aumentar mais ainda, casose inclua o setor de serviços. Como mostra o gráfico.
[pic]
ACIDENTES E DOENÇAS: ONDE ACONTECEM E QUEM MAIS VITIMA

Os seis ramos com maior incidência de acidentes de trabalho e doenças ocupacionais no setor do comércio entre 1997 e 1999.


Alguns ramos, por apresentarem afinidades quanto à natureza das atividades e riscos ocupacionais mais freqüentes, embora classificados peloCNAE de forma distinta tivessem seus dados agrupados, como no caso dos hiper e supermercados e no do comércio de veículos automotores e peças e acessórios. Os dados apurados permitem afirmar que os seis ramos indicados foram responsáveis, em média, por 52,5 % do total dos acidentes de trabalho e por 48,9% das doenças ocupacionais registradas em todo o setor do comércio.
• Hipere Supermercados
• Veículos, Peças
• Produtos Diversos
• Vestuário
• Material de Construção
• Atacados de Produtos Diversos
Apesar das mulheres constituírem a maior parte da mão de obra do setor, com relação à ocorrência de acidentes de trabalho o que se verifica é uma maior incidência nos trabalhadores do sexo masculino.
Já comrelação às doenças ocupacionais a tendência é inversa, predominando os registros do sexo feminino, elaboradas a partir de um estudo em 1.206 CAT´S (Comunicação de Acidente de Trabalho), disponibilizadas pelo Ministério Público de São Paulo ao Centro de Referência em Saúde do Trabalhador da Sé – CRST-Sé. Conquanto os acidentes de trajeto sejam umas grandes preocupações da categoria, de acordo cominformações sindicais, o que se observa com base nas CAT´S analisadas é que, na verdade, correspondem a cerca de 13% do total dos acidentes, percentual semelhante ao de outras categorias. O estudo realizado com base naquele conjunto de CAT´S permitiu, ainda, verificar a incidência dos acidentes com relação às faixas de idade e sexo, conforme mostra a tabela 3 que se segue.

|...
tracking img