Comercio eletronico

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1343 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO

O comércio eletrônico movimenta bilhões de reais por ano no Brasil.
Este mercado, que está em constante crescimento, já atraiu muitas empresas tradi-
cionais e fez surgir também novos e lucrativos negócios.
Esta nova modalidade de comércio também provocou o surgimento
de novas tecnologias e técnicas para transferência de informações via internet, pro-
curando melhorar asegurança das informações e proporcionar maior integração en-
tre sistemas independentes, mas ao mesmo tempo comunicativos entre si. Isto signi-
fica, por exemplo, que lojistas e bancos tiveram que repensar no modo como seus
sistemas funcionam e operam para promover uma integração entre os mesmos a fim
de trazer ao consumidor, visitante de uma loja virtual a possibilidade de uma experi-ência de compra simples, prática e segura.
O QUE É COMERCIO ELETRONICO

Comércio é definido como permutação, troca, compra e venda de
produtos ou valores (DICIONÁRIO AURÉLIO). Comércio eletrônico é também co-
nhecido como e-commerce, uma abreviatura de eletronic commerce, em inglês. O
significado de comércio eletrônico foi modificando-se com o passar do tempo. Origi-nalmente, definia-se como e-commerce as facilidades de transações comerciais rea-
lizadas utilizando-se tecnologia como a de troca eletrônica de dados (EDI – Eletronic
Data Interchange) que apareceu na década de 1970. A troca eletrônica de dados
consiste no envio de documentos comerciais, tais como ordem de compra e confir-
mações de pagamentos de forma eletrônica (emgeral através de arquivos texto
transmitidos via conexão discada). Atualmente, comércio eletrônico é um termo usa-
do para se definir o comércio realizado através de páginas da internet.


1.2. e-Commerce x e-Business
Tomamos então, como definição que, comércio eletrônico é toda e
qualquer permutação, troca, compra e venda de produtos ou valores realizados atra-
vés de um meioeletrônico, no nosso caso, a Internet. Inclui a exposição de bens e
serviços on-line, bem como a colocação de pedidos, faturamento e ainda todo o pro-
cessamento de pagamentos e transações.
Existe um outro termo em uso, e-Business, que às vezes é confun-
dido com e-Commerce. O e-Business (eletronic business) é um conceito mais amplo
que inclui o conceito de comércio eletrônico.
oe-Commerce é apenas uma parte (a ponta
do iceberg) do e-Business.
O termo e-Business foi definido pela IBM1
em 1997 como
Utilização da Web para ajudar as empresas a simplificarem os seus
processos, aumentarem a sua produtividade e melhorar a sua efici-
ência. Permite que as empresas se comuniquem com facilidade com
parceiros, fornecedores e clientes, que se conectem com sistemas
dedados back-end e que realizem transações de maneira segura.

Segurança
Por ter se tornado uma modalidade de transação bastante rentável, o
comércio eletrônico passou a ser alvejado criminosamente. Para se defender de de-
terminadas práticas e ataques, as lojas virtuais e os sistemas de pagamento via in-
ternet procuraram desenvolver algumas técnicas e tecnologias para melhorar a con-fiança de todo o sistema.

Algumas soluções, portanto pretendem melhorar a identificação e a
comunicação entre as partes envolvidas numa transação eletrônica de modo que os
dados transmitidos entre bancos, lojas virtuais e visitantes (consumidores) permane-
çam seguros durante todo o processo.

4.1 SET (Security Eletronic Transaction)
Em 1996, duas das maiores companhias decartões de créditos do
mundo (Visa e Mastercard) se uniram para criar um protocolo padrão para efetuar
transações seguras com cartões de créditos via internet. Surgiu então o Secure Ele-
tronic Transaction (SET), em parceria com outras companhias como GTE, IBM, Mi-
crosoft e Netscape.
O SET faz uso de técnicas de criptografia (como certificados digitais
e criptografia de chave...
tracking img