Comentario filme doze homens e uma senteça

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1023 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 1 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
GESTÃO DE PESSOAS II


MAYANA OLIVEIRA
SANDRA DE JESUS



ATIVIDADE COMPLEMENTAR
FILME: DOZE HOMENS E UMA SENTENÇA.

A história começa com um júri onde um garoto de 18 anosestá sendo julgado por ter assassinado o pai depois de uma briga com nove facadas.
No filme os jurados deverão tomar uma decisão unânime entre culpado ou inocente o que torna de extrema importância o resultado, pois poderia condenar o jovem à morte.
Os jurados ao se reunirem para a tomada de decisão já entram na sala destinada ao debate decidido pelo veredito culpado eles esperavam apenas cumpriras formalidades para voltarem logo as suas ocupações, porém um jurado o número oito o personagem Davis que tinha como profissão arquitetura não estava convicto da culpa do réu e vota por absolvição. A atitude do arquiteto quebra a unanimidade necessária para condenar o rapaz e o debate se instaura entre os doze homens. Um detalhe interessante no filme é que os jurados não têm nome quando há anecessidade de uma referência são chamados pelo número de ordem, somente são identificados por nomes o numero oito o arquiteto Davis e o senhor número nove MacCardle que no final do filme fazem as apresentações e citam seus nomes. (Destacamos nesta parte do filme um fato que ocorre dentro das corporações às pessoas que possuem perfis de lideres se tornam destaque por suas habilidades e qualidade.Acreditamos que os personagens foram destacados para demonstra através dos mesmos a importância dos argumentos, analises criticas, negociação, tranqüilidade domínio e segurança apesar dos obstáculos e divergências encontradas durante todo o contesto exposto no processo de discussão dos jurados, essa características foram mais evidenciadas no personagem Davis ele usou das informações coletadas sobrecada um dos onze jurados para levá-los à reflexão ele confrontou as idéias, evidenciou os valores, expos o preconceito dos opositores fortalecendo assim sua argumentação. Demonstrou decisão, consenso, capacidade de argumentação, visão e autocrítica.)
O arquiteto não estava convencido da culpa, mas também não tinha certeza da inocência, os fatos coletados durante o julgamento o levaram a tersegurança de abordar no grupo os questionamentos de duvidas sobre a real culpa do jovem.
A postura de analise critica do jurado número oito o levou a conduzir os outros jurados a analisarem as próprias decisões livre do preconceito que alguns expressarão durante as discussões a argumentação dele é tão lógica e convincente que abala a certeza dos demais jurados dando inicio a outros pontos levantadospelos outros que demonstram as falhas do advogado de defesa e da promotoria. O processo de discussão instaurado entre eles expõe as posições de cada um, uma vez que o grupo não aceita as argumentações sem justificativa lógica.
A decisão inicial vai mudando de culpado para inocente. Com as mudanças, a posição de cada jurado com a discussão vai se revelando e as características de personalidade de cadaum deles vão se revelando e se mostram através do preconceito que estava induzindo a tomada de decisão baseada em medos, falha de caráter, leviandade e egoísmo para com o destino do jovem, na verdade o que eles queriam era cumprir o mais rápido possível a obrigação de julgar.
A questão do ambiente onde desenrolava o filme nos chamou a atenção. Era um lugar opressivo, quente, sem ventilação o quecontribuía para irritar os jurados levando-os a tomar a decisão mais simples. Os jurados estavam ali presos e somente sairiam com a decisão de unanimidade culpado ou inocente o que contribuía para forte tensão entre eles o interessante é que à medida que a discussão melhorava começou a cair uma chuva, o ventilador começou a funcionar. (Observa-se neste momento a importância de um bom ambiente...
tracking img