Comentários ao art. 5º, cf

Análise e síntese dos 78 incisos do artigo 5º da
Constituição Federal do Brasil e de suas
principais idéias, feita por Kamila Venuto de
Souza e Gabriel Freitas Angst.

Art. 5o Todos são iguaisperante a lei, sem distinção de qualquer
natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no
País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à
segurança e àpropriedade, nos termos seguintes:
O artigo 5º trata dos direitos e deveres individuais e coletivos que são objeto dos incisos I ao
LXXVIII e parágrafos. Estes são, em suma, os princípiosfundamentais hoje genericamente
denominados Direitos Humanos.
O Caput do artigo 5º garante o princípio da isonomia, assegurando aos brasileiros (natos e
naturalizados) e aos estrangeiros residentes no paísos direitos nele elencados (há autores que
afirmam que os turistas também têm os direitos do artigo 5º, e o caput desse artigo estaria com
falha de construção; há também quem diga que a Constituiçãoquis dizer isso mesmo, e os turistas
seriam protegidos por tratados internacionais [{§3º} Leonardo Martins]. O princípio da isonomia é
um princípio jurídico informador de toda a ordemconstitucional. A igualdade pode ser formal ou
material. Fala-se em igualdade formal [perante a lei] quando todos são tratados da mesma
maneira (igualdade perante a lei), e em igualdade material [real; na lei]quando os mais fracos
recebem um tratamento especial no intuito de se aproximar aos mais fortes.
O termo igualdade pode ser interpretado de duas formas: 1. a primeira no
sentido de dar aos cidadãosas mesmas regras (“todos são iguais perante à Lei”) –
sentido de “Igualdade Formal”; 2. o segundo no sentido de conceder a cada cidadão
a devida norma, prezando por suas diferenças e igualdades(Conceito Aristotélico de
justiça ) – sendo este no sentido de “Igualdade Material”.

“A legislação não pode diferenciar de forma arbitrária os indivíduos, para tanto considera-se
três finalidades...
tracking img