Combate incendio

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 197 (49088 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
BRIGADA DE INCÊNDIO - NORMAS TÉCNICAS

• Segundo a NBR 14276 de 1.999 , a formação de Brigada de Incêndio é obrigatória em Prédios destinados a uso residencial, comercial e industrial, tendo ainda respaldo da Lei Federal nº 6.514 de 22/12/777, da Portaria Ministral nº 3.214 de 08/06/78 e em conformidade com a NR 23 .
• A brigada de Incêndio deverá ter treinamento Prático eTeórico na área de Primeiros Socorros e Prevenção e Combate à incêndios, perfazendo um total de 16 horas aulas sendo 08 aulas práticas e 08 aulas teóricas.
• Dentre os assuntos a serem ministrados aos brigadistas podemos destacar :


1. Objetivos da Brigada ;
2. Abandono de área :
3. Prevenção contra acidentes e Incêndios ;
4. Abandono de área ;
5.Causas de incêndio ;
6. Teoria do fogo , Classes de Incêndio, Propagação do fogo ;
7. Agentes extintores, métodos de extinção do fogo ;
8. Anatomia e Fisiologia ;
9. Abordagem e análises de vítimas
10. Reanimação Cárdio Pulmonar ( RCP ) ;
11. Imobilização e contenção de hemorragias entre outros .


1) CRITÉRIOS GERAIS

a)Possuir treinamento adequado para desempenhar as funções da Brigada de incêndio ;

b) Possuir identificação visual, no crachá, da condição de integrante da Brigada de incêndio

c) Idade máxima permitida para integrar a Brigada : até 50 anos de idade .



2) CRITÉRIOS MÉDICOS


a) Exames médicos a realizar:


em integrantes até 45 anos de idade= exame clínico usual
em integrantes com idade superior a 45 anos = exame clínico usual acompanhado de Eletrocardiograma.


a) Patologias que contra-indicam integrar a Brigada de Incêndio:


H.A.S. (Hipertensão Arterial Sistêmica)
Cardiopatias (sopros, hipertrofias de câmaras cardíacas, infarto prévio, angina de peito, arritmias cardíacas, ou outras quaisquer)
Pneumopatias(asma, bronquite, pneumoconioses, tuberculose pulmonar no passado, derrame pleural, ou outras quaisquer)
Alterações ortopédicas (encurtamento congênito ou adquirido de membros inferiores, patologias articulares, anquiloses, ou outras quaisquer)
Patologias de origem psicológicas ou psiquiátricas, de qualquer natureza, que estejam necessitando de controle farmacológico ou acompanhamento profissionalFobias (medos - de qualquer natureza)
Drogadição (ser dependente de drogas, lícitas ou ilícitas - tabagismo, alcoolismo e demais drogas)
Portadores de hérnias (inguinal, umbilical, linha média)

Capítulo I – Funcionamento da Brigada de Incêndio.


A) INTRODUÇÃO
Este manual tem a finalidade de capacitar as pessoas, dentro de uma organização, a atuarem como brigadistas deincêndio, fornecendo-lhes subsídios para um bom desempenho, por meio de informações básicas.
Este objetivo está ligado ao princípio de incêndio. Entretanto, quando o incêndio tiver alcançado maiores proporções, somente bombeiros terão condições de combatê-lo.
Caberá à equipe de brigadistas avaliar os riscos existentes, inspecionar os equipamentos de combate ao fogo, orientar nosentido da prevenção contra incêndio, cuidando, assim, não só do patrimônio mas, fundamentalmente, da preservação do homem em seu ambiente de trabalho.
As Brigadas de Incêndio constituem um grupo organizado dentro da empresa que tem como propósito: evitar incêndios pela sua prevenção ou exterminá-los e também o salvamento de vidas humanas.
As atividades da cada um doscomponentes se ajustam e coordenam de tal modo que a equipe inteira atua como se fosse uma máquina humana, disposta a exterminar incêndios, o que constitui sua finalidade principal.
Sua Ação é o resultado da integração ou coordenação das ações, sentimentos e propósitos individuais de cada membro.


B) IMPORTÂNCIA DAS PESSOAS NAS BRIGADA DE INCÊNDIO
As diferenças individuais e a...
tracking img