Colonialismo africano

Introdução

Durante os primeiros quatro séculos - do século 15 a metade do 19 - de contato dos navegantes europeus com o Continente Negro, a África foi vista apenas como uma grande reserva de mão-de-obra escrava, a “madeira de ébano” a ser extraída e exportada pelos comerciantes. Traficantes de quase todas as nacionalidades montaram feitorias nas costas da África. As simples incursõespiratas que visavam inicialmente atacar de surpresa do litoral e apresar o maior número possível de gente, foi dando lugar a um processo mais elaborado.

Os mercadores europeus, com o crescer da procura por mão-de-obra escrava, motivada pela instalação de colônias agrícolas na América, associaram-se militarmente e financeiramente com sobas e régulos africanos, que viviam nas costasmarítimas, dando-lhes armas, pólvora e cavalos para que afirmassem sua autoridade numa extensão a maior possível. Os prisioneiros das guerras tribais eram encarcerados em “barracões”, em armazéns costeiros, onde ficavam a espera da chegada dos navios tumbeiros ou negreiros que os levariam como carga humana pelas rotas transatlânticas.
[pic]






Colonização

Vista de um grosso modo, nada mais é do queum processo em que uma ou mais civilizações exercem algum tipo de dominação sobre outras a fim de atingirem seus próprios objetivos, de satisfazerem suas necessidades. Esse processo, na grande maioria das vezes, gera uma série de malefícios e conseqüências drásticas aos povos submetidos
[pic]

Causas
  O colonialismo africano surge da necessidade de encontrar rotas alternativas para o Oriente enovos mercados produtores e consumidores.
No século XIV, exploradores europeus chegaram a África.A Europa precisava de escravos pra mão-de-obra em várias áreas, então vários países de lá começaram a colonizar alguns lugares da África para poder exportar escravos e também firmar impérios coloniais. E quando os portugueses percerberam que a mão-de-obra indígena no Brasil não estava tão forte, eledecidiram exportar mais escravos ainda. Daí houve um grande enfraquecimento do território africano, pois a Europa só explorava o continente.
A partir de 1880, a competição entre as metrópoles pelo domínio dos territórios africanos intensifica-se.Quem primeiro chegou à Africa foram os Portugueses. Estes estabeleceram alguns fortes ao longo do litoral pra facilitar seu acesso ao Oriente. Talacesso era interessante para se realizar um comércio maritimo.






Conseqüências


(Guerras civis nos países colonizados.
(Dizimação dos povos colonizados.
(Dependência - sobretudo econômica - dos colonizadores.
(Empobrecimento das nações colonizadas.
(Proliferação de Doenças, levadas pelo colonizador.

Principais colonizadores

Portugueses – Iniciam o processo na primeira metade do séculoXV, estabelecendo feitorias, portos e enclaves no litoral oeste africano. Não existe nenhuma organização política nas colônias portuguesas, exceto em algumas áreas portuárias onde há tratados destinados a assegurar os direitos dos traficantes de escravos. A obtenção de pedras, metais preciosos e especiarias é feita pelos sistemas de captura, de pilhagem e de escambo. O método predador provoca oabandono da agricultura e o atraso no desenvolvimento manufatureiro dos países africanos. A captura e o tráfico de escravos dividem tribos e etnias e causam desorganização na vida econômica e social dos africanos. Milhões de pessoas são mandadas à força para as Américas, e grande parte morre durante as viagens. A partir de meados do século XVI, os ingleses, os franceses e os holandeses expulsam osportugueses das melhores zonas costeiras para o comércio de escravos. 

Ingleses – No final do século XVIII e meados do século XIX, os ingleses, com enorme poder naval e econômico, assumem a liderança da colonização africana. Combatem a escravidão, já menos lucrativa, direcionando o comércio africano para a exportação de ouro, marfim e animais. Para isso estabelecem novas colônias na...
tracking img