Colesterol

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2470 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Campo Grande - MS
05 de outubro de 2011
Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
Curso: Farmácia

COLESTEROL TOTAL E TRIACILGLICERÓIS


INTRODUÇÃO

O colesterol é o esterol característico das células animais, mas os vegetais, fungos e protistas, em vez do colesterol, sintetizam outros esteróis intimamente relacionados, empregando a mesma via sintética divergem levemente e outrosesteróides são produzidos: estigmasterol em muitos vegetais e ergosterol nos fungos, por exemplo.
Nos vertebrados a maior parte da síntese do colesterol ocorre no fígado. Uma pequena fração do colesterol sintetizado ali é incorporada nas membranas dos hepatócitos, mas a maior parte dele é exportada em uma de três formas: colesterol biliar, ácidos biliares e ésteres do colesterol. Os ácidos biliares eseus sais são derivados no colesterol relativamente hidrofílicos, eles são sintetizados no fígado e ajudam na digestão dos lipídeos. Os ésteres do colesterol são formados o fígado por meio a ação da enzima acil-coA-colesterol aciltransferase (ACAT). Essa enzima catalisa a transferência de um ácido graxo da coenzima A para o grupo hidroxila do colesterol, convertendo o mesmo em uma substânciaainda mais hidrofóbica. Os ésteres do colesterol são armazenados no fígado ou transportados inseridos em partículas lipoprotéicas para outros que empregam colesterol.
Todos os tecidos animais em crescimento precisam de colesterol para a síntese de membranas; alguns órgãos (glândula adrenal e gônadas, por exemplo) usam o colesterol como um precursor para a produção dos hormônios esteróides. Ocolesterol também é um precursor da vitamina D.
O colesterol e os ésteres de colesterol, como os triacilgliceróis e fosfolipídios, são essencialmente insolúveis em água. Esses lipídeos precisam, entretanto, ser transportados do tecido de origem para os tecidos nos quais eles serão armazenados ou consumidos. Eles são transportados de um para outro tecido pelo plasma sanguíneo na forma de lipoproteínasplasmáticas, que são complexos moleculares de proteínas transportadoras específicas chamadas apolipoproteínas com combinações variadas de fosfolipídios, colesterol, ésteres de colesterol e triacilgliceróis.
As apolipoproteínas (“apo” designa a proteína na sua forma livre de lipídeos) se unem aos lipídios para formar várias classes de partículas lipoprotéicas, estas são complexos esféricos com oslipídios hidrofóbicos no centro e as cadeias laterais hidrofílicas dos aminoácidos das proteínas na superfície. Diferentes combinações de proteínas e lipídios produzem partículas com diferentes densidades, variando desde quilomícrons até lipoproteínas de densidade muito alta (HDL).
Cada classe de lipoproteína tem uma função específica, determinada por seu lugar de síntese, composição lipídica econteúdo de apolipoproteína. Pelo menos nove apolipoproteínas diferentes são encontras entre as lipoproteínas do plasma humano; elas podem ser distinguidas por seu tamanho, suas reações com anticorpos específicos e sua distribuição característica nas classes de lipoproteínas. Essas partes protéicas agem como sinalizadoras, tanto dirigindo as lipoproteínas para tecidos específicos, como ativandoenzimas que agem sobre elas.
Os quilomícrons são as maiores lipoproteínas e também as menos densas, contendo uma alta proporção triacilgliceróis. Os quilomícrons são sintetizados no retículo endoplasmático das células epiteliais que recobrem a superfície interna do intestino delgado e, então, são transportados através do sistema linfático e entram na corrente sanguínea através da veia subclávia. Asapolipoproteínas dos quilomícrons incluem a apoB-48 (exclusiva dessa classe de lipoproteínas), a apoE e a apoC-II. As apoC-II ativa a lípase lipoprotéica nos capilares dos tecidos adiposo, cardíaco, musculoesquelético e glândula mamária em lactação, permitindo a liberação de ácidos graxos livres para esses tecidos. Dessa forma, os quilomícrons transportam os ácidos graxos obtidos na dieta para os...
tracking img