Coisas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2832 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
A globalização, a Zona Franca de Manaus e seus agentes sociais

Este texto tem como objetivos: esclarecer no que consiste a Zona Franca, e como esse mecanismo de dinamização econômica se difunde pelo mundo, as características da Zona Franca de Manaus e as circunstâncias históricas em que foi criada, as mudanças pelas quais esta passou, os impactos da zona franca para Manaus e para o Amazona eos principais agentes envolvidos na produção social desse mecanismo de dinamização econômica.

1. As Zonas Francas do Mundo

As zonas francas são mecanismos dos quais são elaboradas as cadeias produtivas globais, ou seja revelam os regulamentos que criam, nos locais onde elas são abrigadas, incentivos fiscais e infraestruturais atrativos dos investimentos estrangeiros. As zonas francas temem vista ampliar as possibilidades de reprodução do capital. Tendo este sentido de forjar as condições propícias à transnacionalização da economia, processo por meio do qual os Estados nacionais criam, eles mesmo, mecanismos de desnacionalização de relações e estruturas sociais situadas no seu território.
A difusão de zonas francas pelo mundo está associada a três fatores distintos:

*Circunstâncias Políticas nos países industrializados que limitavam o avanço da acumulação de capital e forçavam as grandes corporações a encontrarem novas formas de reduzir custos.
* Desenvolvimento da microeletrônica e dos sistemas de transportes- que permitiram organizar a produção industrial para além das fronteiras nacionais daqueles países industrializados.
* Conjuntura político-econômicainternacional- interesse do governo em promover a industrialização.

Desde o inicio as Zonas francas aparecerem como uma forma de as grandes corporações contornarem as reivindicações dos trabalhadores. Isto porque elas não podiam atender aos trabalhadores e aumentar a lucratividade sem aumentar os custos de produção e por isso precisavam de condições concretas- técnicas e políticas- quepermitissem que elas reduzissem tais custos, transferindo- se para países em desenvolvimento, isto poderia acontecer. Porem, essa transferência implicava em altos custos de transporte, o que foi contornado devido ao desenvolvimento da industria eletroeletrônica e de novas técnicas de transportes. Outro ponto que impedia que as empresas se transferissem era o investimento em infraestrutura. E esteempecilho seria retirado por engajamento do governo em estratégias de dinamização econômica, que reduzissem os impostos ao mesmo tempo que fossem abertas a capitais estrangeiras.
Tem-se uma troca de interesses, pois as empresas buscam meios de aumentar sua competitividade e o governo dos países periféricos desejam atrair investimentos financeiros. As zonas francas favorecem a horizontalização doprocesso produtivo.
Espalhadas pelo mundo, há cerca de 900, entre estas 43 na América do Sul, distribuídas em 8 países. O fato de elas estarem espalhadas caracteriza a descentralização geográfica da produção capitalista. Um fator interessante no desenvolvimento das zonas francas é o fato da progressiva organização político ideológica de diferentes agentes sociais devotados a sua defesa.As Zonas Francas podem ser vistas como espaços produzidos por agentes sociais que se entrecruzam, no processo de apropriação e uso das forças produtivas.
Vistas sobre esse pano de fundo, as Zonas Francas são mecanismos artificialmente construídos. Sua implantação pelo mundo é parte do processo de configuração global do capitalismo, sendo elas o resultado, de um lado, da desterritorializaçãotécnica e social da produção (GIDDENS, 1992) e, de outro, de sua reterritorialização em lugares do mundo antes excluídos ou marginalmente integrados à economia capitalista.
Essa interconexão entre os agentes sociais da globalização ocorre através do que Giddens chama de “mecanismos de desencaixe” dos sistemas sociais, isto é, dispositivos que permitem o “deslocamento” das relações sociais de...
tracking img